Assunção e Ascensão: qual é a diferença?

por -
Domínio Público, Wikipedia / ChurchPOP

15 de agosto é o dia da Solenidade da Assunção da Santíssima Virgem Maria ao céu, um dia de preceito para os católicos, porém, no Brasil a festa é transferida para o domingo seguinte para que todos vivam melhor esse dia.

Nesta grande festa a Igreja recorda que Maria, ao final de sua vida terrena, foi levada em corpo e alma ao céu, onde habita junto de Deus. Isto é diferente ao que acontece com a maioria dos cristãos, cujos corpos permanecem na terra, enquanto suas almas vão para o céu.

Mas por que chamamos este milagre de “Assunção”? Jesus também subiu ao céu em corpo e alma, mas para Ele usamos o termo “Ascensão”.

A diferença está no modo que chegaram ao céu

Jesus Cristo é o Filho de Deus feito homem, com ambas as naturezas: humana e divina. Quando Ele foi ao céu, fez com seu próprio poder. Ninguém é capaz de ir ao céu com suas forças, apenas Jesus, que é Deus.

Já a Virgem Maria, é uma criatura de Deus, dependente inteiramente da graça de Deus para tudo. Ela não foi ao céu com seu próprio poder, mas foi levada ao céu por Deus. Quer dizer, foi agente passivo do milagre, Maria foi assunta ao céu.

A teologia católica, geralmente, é muito cuidadosa com estas palavras. Pequenas diferenças em terminologia podem ter enormes implicações quanto a seu real significado.

Bendita seja a Santíssima Virgem Maria e que do céu ela continue intercedendo por nós!

Comentários

comentários