Conheça a aparição mariana mais antiga na história da Igreja

por -
Ursula Murúa, ACI GROUP

A Santíssima Virgem Maria apareceu em muitas ocasiões durante toda história da Igreja. Alguma vez já se perguntou quando começaram estas aparições? Neste artigo queremos te apresentar a aparição mariana mais antiga na história da Igreja.

A história da primeira aparição mariana é tão antiga que temos que retornar até a Igreja primitiva. Conta-se que o apóstolo Tiago chegou a região de Aragão para pregar o Evangelho no ano 40. Uma noite a Virgem Maria apareceu para ele em “carne e osso” acompanhada por um coro de anjos. No entanto, a Virgem Maria vivia na região da Palestina.

Nossa Senhora manifestou-se sobre um pilar (uma espécie de coluna) e pediu ao apóstolo que edificasse naquele lugar uma Igreja com o altar ao redor do pilar onde ela estava. Além disso, nossa Mãe do Céu fez uma promessa: “Este lugar permanecerá até o fim do mundo para que a graça de Deus realize milagres e prodígios pela minha intercessão àqueles que suplicarem minha ajuda.”

Logo depois da aparição, São Tiago e seus discípulos construíram uma capela naquele lugar e a chamaram de “Nossa Senhora do Pilar” tornando-se assim no primeiro templo dedicado a Virgem Maria.

Wikipédia / Domínio Público
Wikipédia / Domínio Público

Depois de evangelizar aquela região, São Tiago voltou a Jerusalém e morreu martirizado por volta do ano 44. Seus discípulos pegaram o seu corpo e o levaram a Espanha para enterrá-lo. Muitos séculos depois seu cadáver foi descoberto e chamaram aquele lugar de Compostela (campo estrelado).

O que aconteceu com o Pilar da Virgem Maria?

Aquele pilar existe ainda hoje em nossos dias, apesar de ter testemunhado muitas invasões, a Guerra Ciivil Espanhola e a queda de três bombas que milagrosamente nunca explodiram.

[Leia também: Como a Igreja reconhece uma Aparição Mariana?]
[Leia também: Como morreram os apóstolos e onde estão seus restos mortais?]

Comentários

comentários