“Eu era agnóstico e acredito firmemente em Deus agora” diz sobrevivente ao atentado em Las Vegas

por -
Michael Opelka, YouTube

O tiroteio de Las Vegas foi o atentado a armas mais mortal na história americana moderna, deixando pelo menos 58 mortos e centenas de feridos. Mas, mesmo em meio mal, houve histórias de heroísmo e esperança. Um dos sobreviventes disse que “a experiência angustiante me transformou de um agnóstico em alguém que crê em Deus”.

“Eu era um agnóstico indo para esse concerto”, Taylor Benge compartilhou em entrevista à CNN, “e eu acredito firmemente em Deus agora porque não há como saber tudo o que aconteceu e que eu fiz, e fui abençoado o suficiente para estar aqui vivo falando com você hoje”.

Parece que o heroísmo e o amor de sua irmã tiveram um profundo efeito sobre ele durante o ataque.

“Minha irmã e eu começamos a correr para a esquerda e toda vez que ouvíamos tiros buscávamos nos esconder. […] Minha irmã, sendo tão nobre como ela é, se jogou em cima de mim e começou a dizer: ‘Eu amo você, Taylor, eu amo você você’. Nunca vou me esquecer disso.”

A tradição cristã nos ensina que, mesmo no meio do mal terrível, Deus está presente e pode tirar proveito disso. Deus sempre tira um bem de todo mal.

Segue a entrevista na íntegra [Em inglês]:

[Leia também: Assista: Momento que João Paulo II foi baleado]

Comentários

comentários