EWTN ganha prêmio de festival de Cinema em Roma com o filme “Kateri”

por -
Youtube

O grupo de comunicação católica EWTN recebeu recentemente o prêmio especial Capax Dei Foundation no Festival Internacional de Cinema Católico (Mirabile Dictu), que aconteceu em Roma pela produção do filme “Kateri”.

“Kateri” é o nome do filme sobre a vida de Santa Catarina (Kateri) Tekakwitha, primeira Santa pele-vermelha.

Conheça um pouco mais sobre essa santa indígena.

Santa Catarina (Kateri) Tekakwitha

É considerada padroeira da natureza e da ecologia junto com São Francisco de Assis.

Nasceu em Auriesville, Nova Iorque (Estados Unidos), em 1656.

Aos 4 anos de idade, perdeu seus pais e irmão pela epidemia de varíola. Devido a esta doença, ficou com o rosto desfigurado e a vista danificada.

Aos 11 anos, conheceu a fé cristã quando chegaram ao seu povoado missionários jesuítas que acompanhavam os deputados moicanos para assinar a paz com os franceses.

Embora tenha aceitado a fé rapidamente, pediu para ser batizada somente aos 20 anos, enfrentando a oposição de sua família e o rechaço de sua comunidade. Teve que fugir para o Canadá.

Morreu em 17 de abril de 1680 durante a Semana Santa, com apenas 24 anos. Suas últimas palavras foram: “Jesus, te amo!”. Foi beatificada por São João Paulo II em 1980 e canonizada por Bento XVI em outubro de 2012. Sua festa é celebrada no dia 17 de abril.

[Leia também: A surpreendente história de como Madre Angélica fundou a EWTN].

Comentários

comentários