A fantástica história de como São Miguel salvou Roma

por -
Andreas Tille , CC BY-SA 4.0

Você já ouviu falar no Castelo de Sant’Angelo?

O Castelo de Sant’Angelo é uma grande fortaleza próxima ao Vaticano e tem em seu topo, como guardião, uma gigantesca imagem de São Miguel Arcanjo.

A imensa imagem de São Miguel no topo do castelo traz consigo uma magnífica história do amor e cuidado de Deus para com seu povo através dos anjos.

Roma vivia o auge da peste negra e a população estava morrendo em larga escala. Até que o Papa Gregório I resolveu suplicar o auxílio dos anjos para combater a peste. O pontífice começou a rezar missas, fazer procissões, incensar as ruas de Roma incansavelmente.

E depois de tanto pedir, apareceu no alto do castelo o Príncipe dos Arcanjos, São Miguel, com sua espada, livrando assim a cidade eterna de seu algoz. A partir da aparição de São Miguel, a peste foi diminuindo consideravelmente, até chegar a zero.

Em honra ao Arcanjo, Gregório I mandou construir sua imagem no topo do Castelo, representando a proteção de Miguel à Roma e à Igreja.

São Miguel Arcanjo, príncipe da Milícia celeste, defendei-nos no combate!

[Leia também: A misteriosa origem da oração a São Miguel]
[Leia também: 8 coisas que todo cristão deveria saber sobre os anjos]

Comentários

comentários