Santo Antonio prega aos peixes

por -
Wikipédia

A pregação aos peixes teve lugar na cidade de Rimini em 1223, cidade conhecida como berço das heresias, sobretudo dos cátaros, estes que tinham como filosofia negar a divindade de Jesus Cristo.

A presença de Santo Antonio incomodava-os, ao que estes respondiam com palavras ríspidas. Desconsideravam as suas pregações. Foi a partir destas situações que Frei Antonio dirigiu-se ao Rio Marechia que desemboca no Mar Adriático para orar, ter um momento de intimidade, de reflexão, de silêncio, de súplica a Deus e logo, saindo de seu interior, começou a falar aos peixes e cantou louvores a Deus.

“Ouçam a palavra de Deus, vocês, peixes do mar… já que os hereges não a querem escutar… Meus irmãos peixes, vocês devem muitíssimo, na medida em que são capazes, agradecer a seu Criador por ter lhes dado um elemento tão nobre no qual viver….água salgada. Deus deu-lhes muitos abrigos contra as tempestades e alimento que podem viver.”

… “Deus, seu amável e gentil criador, quando criou vocês ordenou-lhes que crescessem e se multiplicassem. Ele lhes deu sua benção. Quando o grande dilúvio engoliu todo o mundo e todos os outros animais foram destruídos, Deus preservou somente vocês sem dano ou prejuízo…

…A vocês, Deus deu a ordem de preservar Jonas, que havia sido jogado no mar, e, depois de três dias, um de vocês o lançou para a praia são e salvo. Um de vocês manteve em sua boca o tributo de que nosso Senhor Jesus Cristo necessitava, o qual ele, pobre e humilde, não poderia pagar se vocês não lhe tivessem dado a moeda. Vocês foram a comida do Rei  eterno, Cristo Jesus, antes da Ressurreição e, de novo, depois dela,…quando nosso Senhor…comeu peixe na praia com seus apóstolos. Por todos esses favores, vocês devem louvar e bendizer a Deus que lhes concedeu tantos benefícios.”

Benedetto (um dos hereges) não sabia para onde olhar. Para a praia, onde a multidão volúvel estava começando a se movimentar em direção ao sacerdote. Para a água, que estava cintilando com fileiras de peixinhos…Ou para Antônio, cujo olhar passeava, de um lado para o outro, sobre as ondas mansas como se estivesse exortando criaturas racionais a louvar a Deus.

“Bendito seja o Deus eterno, pois peixes da água honram-no mais do que pessoas que negam sua doutrina. Os animais irracionais escutam mais prontamente a palavra de Deus do que a humanidade sem fé.”

…Minha gente boa e meus queridos peixes, obrigado por ouvirem com o coração. Voltem agora em paz para casa.”

As águas movimentaram-se e borbulharam. Quando Benedetto enxugou os olhos e conseguiu enxergar de novo, a superfície do rio estava coberta de círculos que rapidamente se ampliavam onde milhares de peixes tinham mergulhado sob as ondas.

Comentários

comentários