A surpreendente história de como Madre Angélica fundou a EWTN

por -
EWTN

Em 27 de março de 2016, durante a festa da ressureição de Nosso Senhor, Madre Angélica parte para a casa do Pai e nos deixa um testemunho de fidelidade ao Evangelho e plena confiança na providência de Deus.

Fruto desta confiança na providência é a EWTN, a maior rede de televisão do mundo. Esta é a surpreendente história de como Madre Angélica fundou a EWTN.

EWTN
EWTN

Nos anos 70, Madre Angélica escreveu alguns livros de espiritualidade dos quais se venderam milhares de cópias. Por causa desse sucesso, recebeu um convite para falar dos temas que tratava em seus livros em um canal protestante de Chicago. Ao chegar no estúdio ficou perplexa com o quanto era pequeno o estúdio. Então pensou “não precisa de tanto para chegar às massas”, foi assim que o Senhor lhe pediu para ter um estúdio para alcançar mais pessoas.

Ao voltar ao convento, Madre Angélica perguntou a uma amiga como se gravava uma fita de vídeo. Nenhuma das duas tinha idéia de como fazê-lo, porém sua amiga a levou a uma produtora onde gravaram seu primeiro vídeo-piloto. Ela contava que o resultado seria desastroso e que todas as irmãs do convento morreriam de rir da gravação.

EWTN
EWTN

Pelo contrário, a animaram a gravar um segundo vídeo de 30 minutos, porém não sabiam o que fazer com a fita de vídeo. Sem muitas esperanças, levou sua gravação à CBN (Christian Broadcast Network) e eles se encantaram tanto que pediram à Madre que gravasse 60 programas iguais. Ela aceitou pois sentiu que era o Senhor que pedia.

Após três meses de gravações, soube que um filme blasfemo seria transmitido pela CBN e então falou com o gerente e renunciou ao programa que tinha, pois isso ia contra os princípios evangélicos. E o gerente lhe disse: “Se for embora desta rede estará acabada.” Porém Madre Angélica respondeu: “Eu não preciso de você, eu preciso de Deus.” E assim decidiu construir um estúdio próprio.

À princípio gravou 60 programas, porém, mais uma vez, não sabia o que fazer com as fitas. Um engenheiro, que era um dos 5 funcionários que a EWTN tinha até então, lhe sugeriu criar uma rede de notícias, e assim Madre Angélica se deu a tarefa de buscar um advogado especialista em assuntos de televisão.

Encontrou um advogado italiano na lista telefônica, ligou para ele e disse: “Senhor Corsini? Aqui é Madre Angélica de Birmingham, Alabama. Quero começar uma rede de televisão a cabo via satélite. Após um longo e compreensível silêncio, o advogado disse: “Quê? Tens ideia do que pretendes fazer?”

Depois de ver o pequeno estúdio de gravações, o advogado concordou. “Eu vou lhe ajudar, porém quero que saiba que, uma vez iniciado, não vou caminhar junto.”

O primeiro grande problema foi comprar a parabólica. Chamaram uma empresa que vendia e fizeram o pedido:

– Para quê querem? – Perguntara os vendedores

– Para chegar ao mundo todo.

– Você quer uma de arco completo?
– Sim, sim… esse que eu quero – Respondeu Madre Angélica, sem fazer ideia do que isso queria dizer.

– Você tem o dinheiro para o depósito?

– Não.

Depois disso, o advogado se encarregou das conversas.

EWTN
EWTN

O segundo grande problema surgiu quando o engenheiro informou que precisariam de um sinal de saída muito bom, porém com o equipamento que tinham era impossível. Chamaram a RCA para ver o que se podia fazer, e souberam que a solução técnica custaria 2 milhões e 300 mil dólares.

Duas semanas mais tarde receberam o contrato de compra. O advogado o estudou e disse à Madre que não deveria firmá-lo, pois pediam como garantia o convento e que teriam que começar a pagá-lo quando estivessem na metade da instalação dos equipamentos. Madre Angélica lhe respondeu: “Vamos rezar, então; Deus faz tudo através da oração.”

Ao voltar da oração, a Madre disse que só podia empenhar sua palavra. E que começaria a pagar quando estivesse tudo instalado e funcionando. O advogado pensou que ela era louca, porém de toda forma, cumpriu o que lhe fora pedido e informou a decisão da Madre à companhia. Não havia jeito de aceitarem tais condições.

Uma semana mais tarde, o advogado chamou a Madre entusiasmado porque, sem explicação alguma, aceitaram todas as condições da freira. Madre Angélica só começou a repetir: Obrigada, Jesus!”.

Ao recordar esta história, Madre Angélica costumava dizer: “Somos franciscanas e devo dirigir uma rede de rádio e televisão sobre os mesmo princípios da ordem Franciscana. Não temos contas pessoais, títulos ou dinheiro. Vivemos com o que entra dia a dia e não temos segurança para o amanhã. Assim é como Deus quer que seja.”

EWTN
EWTN

Comentários

comentários