Categorias: ArtigosFeatured

As razões pelas quais São José queria abandonar a Virgem Maria mas desistiu

No relato do nascimento de Jesus, o evangelista Mateus diz que São José era um homem “justo” (1,19). Mas o que quer dizer isso?

Na tradição judaica, isso significava ter um comprometimento sério e reto em viver a Lei, como explicava a Torá.

Então, ao descobrir que a noiva Maria estava grávida, José “pensava em deixá-la, sem ninguém saber” (1,19). Não se pode saber ao certo o que passou pela cabeça dele, nem os motivos que o fizeram tomar a decisão.

Mas a tradição católica apresenta algumas possíveis razões que levaram José a querer abandonar Maria sem a intenção de denunciá-la, antes do anjo lhe revelar toda a verdade.

São elas:

1) Teoria da suspeita

Afirma que José, ao descobrir a gravidez de Maria, teria questionado sua fidelidade e um possível adultério, por isso, a Lei permitia que ele solicitasse o rompimento do relacionamento, como explica Dt 24,1: “Se um homem, depois de ter escolhido uma mulher e casado com ela, não se agradar mais dela, porque notou nela algum inconveniente, escreva-lhe uma certidão de divórcio”.

Neste caso, José seria justo por acreditar que o adultério não era uma atitude moralmente aceitável diante de Deus e, por isso, não quis estar envolvido na situação. 

Entre os santos que acreditaram nesta teoria estão Santo Agostinho, São João Crisóstomo e São Justino Mártir.

2) Teoria da perplexidade

Como o próprio nome já diz, afirma que José teria ficado “perplexo”, completamente sem entender como a gravidez teria ocorrido, e mesmo achando que o divórcio era a única opção pela Lei, quis fazer tudo discretamente, pois não conseguia acreditar que Maria havia sido infiel.

Assim, segundo esta teoria, José é considerado justo por ter lidado com a situação com extrema caridade, ou seja, mesmo achando que Maria estava errada, quis agir conforme a lei de Deus, mas sem expô-la. 

Um dos grandes adeptos desta visão foi São Jerônimo, que chegou a colocar a explicação nas notas de rodapé das Bíblias antigas.

3) Teoria da reverência

Esta é com certeza a mais bonita! Segundo ela, José sabia desde o início da gravidez sobrenatural de Maria pelo Espírito Santo, mas simplesmente se sentia indigno de fazer parte do mistério divino. Portanto, quis deixá-la silenciosamente para manter protegida a ação milagrosa que acontecia nela. 

Segundo esta teoria, o anjo apenas lhe confirmou em sonho aquilo que ele já sabia, pedindo para que não tivesse medo e acolhesse Maria, aceitando participar do plano de Deus de ser o pai adotivo de Jesus.

Então, José seria justo por causa de sua profunda humildade em se colocar pequeno diante de Deus. 

São Tomás de Aquino e São Bernardo de Claraval são alguns dos santos que acreditam nesta explicação.

Independente do que São José tenha pensado, o importante é que ele não se firmou nas suas próprias certezas, mas diante da mensagem do anjo, acreditou nos planos de Deus!

E você, qual das teorias achou mais interessante?

São José, rogai por nós!

[Leia também: Beata diz que corpo de São José está incorrupto e esperando ser encontrado]
[Leia também: Papa Francisco anuncia o Ano de São José e como obter indulgência plenária em sua honra]
Editor ChurchPOP

Faça santas todas as coisas!

Leave a Comment
Compartilhar
Publicado por
Editor ChurchPOP

Postagens recentes

A imagem de Jesus apareceu no local do atentado às Torres Gêmeas?

Você consegue ver Jesus nesta foto? O dia 11 de setembro de 2021 marcou o…

2 horas atrás

“O casamento como sacramento é entre homem e mulher”, diz Papa Francisco

Em entrevista coletiva durante o vôo de volta a Roma, o Papa Francisco afirmou, nesta…

1 dia atrás

Ao menos 95 igrejas católicas foram atacadas nos EUA em 2020, aponta relatório

Rezemos pela proteção das nossas igrejas! A Conferência de Bispos norte-americana (USCCB) emitiu recentemente um…

2 dias atrás

Família afirma que criança sobreviveu em escombros graças ao Sagrado Coração de Jesus

Uma menina de dois anos sobreviveu 25 minutos sob os escombros após um desabamento que…

3 dias atrás

Reitor do Cristo Redentor é impedido de entrar no Santuário para realizar batizado

O Pe. Omar Raposo, reitor do Santuário do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (RJ),…

4 dias atrás

“A Eucaristia me deu a vida”: a conversão ao catolicismo da filha de Joseph Stalin

Svetlana Stalin, embora preferisse usar o sobrenome da mãe -Alliluyeva- foi educada no ateísmo mais…

1 semana atrás