Quando os católicos devem montar a árvore de Natal?

por -
Créditos: Arun Kuchibhotla/Unsplash

Vivemos em uma sociedade paganizada que já deixou de ter Cristo como o centro e vive grande parte das celebrações cristãs simplesmente como “feriados comerciais”.

Por isso, é comum mesmo em novembro já estarmos vendo a cidade toda iluminada com luzes, Papai Noel, árvores de Natal e todas aquelas coisas “típicas” desta época do ano.

Mas nós, como católicos, temos uma data certa para preparar a nossa casa para o Natal?

De acordo com uma tradição, o dia de iniciar a montagem da árvore de Natal é no primeiro domingo do Advento.

No entanto, se você prestar atenção nas leituras feitas nas duas primeiras semanas do Advento, vai perceber que elas têm um cunho mais sério, falando sobre espera e até a dimensão escatológica do mundo.

Apenas a partir do terceiro domingo do Advento que começamos a, de fato, mergulhar no mistério da encarnação de Cristo. E como isso reflete na nossa árvore de Natal?

Muitos padres sugerem então que as famílias comecem a montar a árvore no primeiro domingo do Advento, mas não a decorem de uma só vez (assim como toda a casa), mas vão acrescentando detalhes semana a semana.

Até que no último domingo, e semana do Natal, ela finalmente fique completa e traga toda a alegria e esperança do nascimento do menino Deus!

Por isso, há também quem defenda, no entanto, que a árvore seja montada de uma só vez apenas no terceiro domingo do Advento.

O presépio também deve ser montado no primeiro domingo do Advento, mas o menino Jesus só deve ser colocado no dia de Natal, para simbolizar externamente a espera que trazemos em nosso coração.

Já a data para retirar a decoração e desmontar a árvore de Natal é na Festa da Epifania do Senhor, celebrada em 6 de janeiro.

Como você e sua família costumam fazer?

[Leia também: Thor, São Bonifácio e a origem da árvore de Natal]
[Leia também: Saiba desde quando a Igreja usa o presépio e qual o seu sentido]