Saiba como lucrar indulgência plenária na Solenidade de Corpus Christi

por -
Créditos: Santiago Mejía LC

O Tantum Ergo é uma canção de adoração eucarística que inclui as duas últimas estrofes de Pangue Lingua, um hino medieval latino que São Tomás de Aquino teria escrito para a Solenidade de Corpus Christi. No Brasil, é comumente recitada em português com o título de Tão Sublime Sacramento.

[Leia também: Cães policiais detectaram vida em um sacrário? Uma história impactante de Cristo na Eucaristia]

Esta oração exalta o mistério da Transubstanciação, quando o vinho e o pão se tornam o Sangue e o Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo. Por isto, a Igreja concede indulgência plenária aos fiéis que a cantam devotamente durante a Solenidade de Corpus Christi.

Os dois últimos versos desta canção religiosa são conhecidos como Tantum Ergo Sacramentum. Se você recitar ou cantá-la neste importante dia em que celebramos o Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo na Eucaristia, você pode ganhar uma indulgência plenária.

Aqui te apresentamos em latim:

Tantum ergo Sacraméntum,
Venerémur cérnui:
Et antíquum documentum
Novo cedat rítui;
Præstet fides suppleméntum
Sénsuum deféctui.
Genitori Genitóque,
Laus et iubilátio;
Salus, honor, virtus quoque,
Sit et benedíctio;
Procedénti ab utróque
Compar sit laudátio.
Amen.

E em português:

Tão sublime sacramento
Adoremos neste altar
Pois o Antigo Testamento
Deu ao Novo seu lugar
Venha a fé, por suplemento
Os sentidos completar
Ao eterno Pai cantemos
E a Jesus, o Salvador
Ao Espírito exaltemos
Na Trindade eterno amor
Ao Deus uno e trino demos
A alegria do louvor
Amém.

E estas são as condições habituais para obter uma indulgência plenária:

Além de cantar o Tantum Ergo na Solenidade de Corpus Christi, para obter a indulgência plenária, os fiéis também devem cumprir estas três condições fundamentais:

  • Se confessar (o quanto antes ou depois de cumprir as outras condições)
  • Comungar (o quanto antes, de preferência no Dia Santo)
  • Rezar pelas intenções do Papa: A Igreja sugere um “Pai Nosso” e uma “Ave Maria” (o quanto antes, de preferência no Dia Santo).

Que grande misericórdia do Senhor que nos dá uma oportunidade como esta! Não desperdicemos este tesouro da misericórdia de Jesus que nos permite estar mais perto do céu.

Clique aqui caso não consiga ver o vídeo

Bendito seja Cristo no Santíssimo Sacramento do Altar!

[Leia também: Como surgiu a Solenidade de Corpus Christi?]
[Leia também: Por quanto tempo Jesus permanece conosco na Eucaristia depois que comungamos?]
Victoria Arruda é jornalista, ama filmes, livros, música, teologia, política e... pizza. Escreve sobre coisas aleatórias, pra combinar com suas preferências pessoais.