3 coisas que Santa Teresinha fazia em seu dia a dia que podem te ajudar a ser santo

por -
Créditos: Internet/Reprodução

Santa Teresinha do Menino Jesus é considerada a santa da “pequena via”, isso porque apresentava a santidade como um caminho simples e humilde. Ela mostrou que não era necessário fazer grandes coisas nem ter experiências místicas para amar a Deus e ser fiel.

Por isso, queremos te falar 3 coisas que ela fazia no cotidiano que também podem te ajudar no caminho para Deus:

1) Não reclamar

Em sua autobiografia “História de uma alma”, Santa Teresinha conta que havia uma irmã que sentava ao lado dela que costumava fazer um som um pouco incômodo com os dentes. Ela confessa que aquilo a irritava muito, porém nunca se virou para reclamar com ela, pelo contrário, “sofria” em silêncio, oferecendo o barulho como penitência a Deus e lembrando que, da mesma forma que aquilo a irritava, ela mesma podia fazer outras coisas que irritavam as outras irmãs.

Ou quando, na hora de lavar as roupas, havia uma irmã que batia o tecido com muita força na pedra e espirrava água em no rosto de Teresinha, mas ela também nunca se queixou.

2) Fortalecer a vontade

Uma das penitências que Santa Teresinha gostava de fazer era sentar-se sem encostar a coluna na cadeira; isso ela fazia isso justamente com a intenção de ficar desconfortável. É mais comum ouvimos falar de mortificações físicas durante a Quaresma, mas em qualquer tempo podemos nos aproveitar de pequenas situações do dia a dia para vencer a nossa carne e, assim, nos tornarmos mais forte para combater o pecado.

3) Priorizar os outros

Um episódio bastante conhecido da vida da santa é que certa vez, em um aniversário em sua casa, Santa Teresinha escolheu a menor fatia do bolo, para que suas irmãs pudessem ficar com as maiores. Isso mostra que mesmo que ela gostasse de algo, e ainda que fosse algo lícito, ela abria mão em vista do amor aos outros.

Este era um traço marcante na vida dela, sua abertura à vida comunitária e seu desejo de amar mesmo quando sua vontade não era esta. Inclusive havia uma irmã que toda vez que Santa Teresinha a via, lhe dava um sorriso e agia com gentileza, e muitas das religiosas achavam que as duas eram muito próximas, mas na verdade, só depois que Teresinha morreu e leram seu diário foi que descobriram que a santa tinha dificuldades com ela, mas ao invés de maltratá-la e agir com indiferença, escolhia a caridade.

Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!

[Leia também: Bandido bom é bandido morto? Saiba o que pensa Santa Teresinha sobre isso]
[Leia também: O ardente desejo de Santa Teresinha em contemplar Jesus face a face]