3 fatos que talvez você não conheça sobre Dom Bosco, fundador da Ordem Salesiana

por -

No dia 31 de janeiro se celebra Dom Bosco, fundador da Ordem Salesiana, carisma que está centrado na educação e no cuidado com as crianças, especialmente aquelas abandonadas ou marginalizadas.

João Melchior Bosco foi um sacerdote nascido na Itália em 1815. Fundou muitas associações salesianas que se expandiram pelo mundo. Morreu em 1888 e foi canonizado em 1934 pelo Papa Pio XI.

Aqui estão 3 fatos que talvez você não conheça sobre este santo:

1. O sonho

Em 1824, quando Dom Bosco tinha 9 anos de idade, teve um sonho que seria considerado como a origem de todo o seu trabalho apostólico. Sonhou que estava perto da sua casa e via muitas crianças se comportando mal, entre outras coisas. Logo, Deus aparece e todas elas se acalmam e o rodeiam. Deus diz a Dom Bosco:

“Não com golpes, mas com mansidão e caridade, você deve conquistar esses seus amigos. Então, imediatamente, instrua-os sobre a feiura do pecado e a beleza da virtude.”

Desde então compreendeu sua missão de docente e cristão.

2. Sistema Preventivo Salesiano

É o método educativo salesiano que tenta desenvolver uma experiência pedagógica baseada nas experiências de São João Bosco com seus jovens pobres. Tenta se basear em três pilares: a razão, a religião e a bondade amorosa.

Dom Bosco escreveu um estudo explicando seu método pedagógico em 1877, que foi anexado nas primeiras constituições salesianas. O sistema está em constante aperfeiçoamento, pois especialistas docentes tentam resgatar a essência de seus ensinamentos para aplicá-las às crianças de hoje.

3. Boletim Salesiano

É um dos projetos mais conhecidos da família salesiana. Foi fundada por Dom Bosco em agosto de 1877 e, desde então, foram publicados sem interrupção. Ele é encarregado de transmitir informações aos seus membros e uní-los como família.

Sucursais da impressão do boletim foram fundadas em muitos países. No século XIX nasceram na Itália, França, Espanha, Inglaterra, Alemanha e Polônia, e nos primórdios do século XX também chegaram a Portugal, Hungria, Eslovênia e Lituânia. Atualmente o boletim salesiano está em 135 países e traduzido para 29 idiomas.