500 fiéis em quarentena após reverendo episcopal contrair coronavírus nos EUA

por -
@ChristChurchGeorgetown, Facebook

Mais de 500 membros de uma igreja episcopal em Washington D.C. estão em quarentena depois que o reitor o exame e comprovou que estava com coronavírus.

O reitor e Reverendo Timothy Cole da Igreja de Cristo de Georgetown potencialmente expôs centenas de fiéis ao coronavírus após testar positivo para a doença. A igreja suspendeu todos os serviços “até novo aviso”.

O CDC (sigla em inglês para Centro de Controle e Prevenção de Doenças) do governo norte-americano notificou a igreja no dia 7 de março, recomendando que os membros permanecessem isolados por 14 dias se tivessem participado de alguma atividade no dia 24 de fevereiro ou entre 28 de fevereiro a 3 de março. Eles também recomendaram ligar para o CDC em caso de surgimento de sintomas.

O jornal The Washington Post noticiou que o reverendo Cole lavou e higienizou as mãos antes de distribuir a “comunhão” na manhã de 1º de março. Apesar de ter participado de três celebrações naquele domingo, só a distribuiu às 11h15.

O CDC informou que o fato ainda permanece sob investigação.

Reverendo Cole imitiu um comunicado sobre a contração do vírus. Ele está no Hospital Universitário MedStar Georgetown e sua condição é estável.

“Primeiro, eu quero lhes assegurar que ficarei bem”, disse Reverendo Cole. “Estou recebendo um ótimo atendimento e estou de bom humor dadas as circunstâncias. Ficarei em quarentena pelos próximos 14 dias assim como o resto da minha família”.

“…Nós tomamos a decisão de fechar as portas [da igreja], mas foi por cautela para os mais vulneráveis entre nós. Não há necessidade para pânico. Seguir as sensatas precauções fornecidas pelo CDC ajudará bastante a garantir a boa saúde de nossa comunidade”, encorajou o reverendo.

A igreja também citou um trecho das Escrituras no comunicado, encorajando os membros a confiar no Senhor:

Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti“. (Isaías 43,1-2)

Rezemos pelo fim da disseminação do coronavírus!

[Leia também: Coronavírus: uma oração a São Roque para pedir uma cura rápida]

Comentários

comentários