6 santos da América Latina para todos os tempos

por -

A América Latina deu à Igreja, em mais de 500 anos de história, dezenas de homens e mulheres que entregaram suas vidas a Deus e alcançaram a santidade.

O país com mais santos desta parte do mundo é o México, seguido pelo Peru e pela Colômbia.

Conheça a vida de 6 deles:

São Juan Diego de Cuauhtitlán:

Nasceu na Nova Espanha, atualmente México. Seu nome verdadeiro era Cuauhtlatoatzin e pertenceu à tribo nahua, conquistada pelo império Azteca.

Entre os anos 1524 e 1525 se converteu ao cristianismo junto com sua esposa e adotaram os nomes de Juan Diego e María Lucía.

Foi diante dele que a Virgem Maria apareceu com pele morena e vestida de verde, a Virgem de Guadalupe.

Santa Rosa de Lima:

Nasceu em Lima, no Peru, em 1586 e desde pequena teve grande delicadeza espiritual. Nunca foi religiosa, mas leiga consagrada e pertenceu à terceira ordem dos dominicanos.

Conheceu grandes santos peruanos, como São Martinho de Porres e Santo Turíbio de Mongrovejo. Levou uma vida de oração e mortificação pela própria conversão e a do mundo.

Morreu em 1617 e foi a primeira santa canonizada na América. Atualmente é padroeira de muitos lugares e países, assim como de muitas instituições policiais e militares.

Santa Laura Montoya:

Natural de Antioquia, na Colômbia. Desde 1874, foi educadora e missionária católica. Fundou a Congregação das Missionárias de Maria Imaculada e de Santa Catarina de Sena.

Dedicou-se a viver a caridade com os nativos do seu país e também ajudar na educação deles, para contribuir com sua dignidade de filhos de Deus.

Morreu em Medellín em 1949 aos 75 anos de idade. Foi nomeada beata em 2004 pelo Papa João Paulo II e declarada santa em 2013 pelo Papa Francisco.

Santa Teresa de Los Andes

Nasceu em Santiago do Chile no ano de 1900, e com seu testemunho de vida nos apresentou Cristo no seu cotidiano, sendo capaz de levar as exigências da vida religiosa ao máximo.

Ela é considerada um exemplo de que Deus chama os jovens à santidade, independente de época ou contexto. Desde pequena não sentia interesse no amor de casal, pois sentia que ninguém poderia oferecer um amor tão puro e bom como Cristo.

Devido a um violento ataque de tifo, morreu em 12 de abril de 1920. Faltavam três meses para completar 20 anos e havia feito há pouco tempo a sua profissão religiosa. Morreu sendo o que desejou com todas as suas forças, uma carmelita descalça fiel a Cristo.

Santo Alberto Hurtado:

O padre Alberto nasceu na cidade de Viña del Mar, no Chile, em 1901, foi advogado e sacerdote jesuíta. Fundou o Lar de Cristo.

Foi conhecido pela sua alegria, força de trabalho e a boa relação com os jovens. Seu apostolado universitário foi árduo e deu muitos frutos.

Morreu em Santiago do Chile em 1952 aos 51 anos de idade, devido a um câncer de pâncreas. Foi canonizado pelo Papa Bento XVI em 2

Comentários

comentários

Artigos relacionados