7 curiosidades sobre Sua Santidade, Papa Francisco

por -
Pixabay

1. Não assiste televisão

“Não assisto televisão desde 1990 (demora para responder). É uma promessa que fiz à Virgem do Carmo na noite de 15 de julho de 1990”.

2. Não navega na Internet

“Nada”. Assim respondeu quando lhe perguntaram se navegava em Internet.

3. Acompanha o time de San Lorenzo através de um guarda suíço

Nunca deixou de ser torcedor do San Lorenzo, equipe argentina campeã da Taça Libertadores de 2014, mas não vê os jogos de sua equipe porque não assiste televisão. Entretanto, mantém-se informado sobre a liga argentina graças a “um guarda suíço que a cada semana me informa os resultados e sua posição na tabela”.

4. Dorme 6 horas por noite e lê antes de dormir

“Tenho um sonho tão profundo que deito na cama e durmo rapidamente. Durmo seis horas. Normalmente me deito às nove e leio até aproximadamente às dez, quando meus olhos começam a lacrimejar, apago a luz e me levanto sozinho às quatro, é o relógio biológico”.

5. Faz uma sesta

Dormir seis horas não bastam. “Depois preciso da sesta. Tenho que dormir entre 40 minutos e uma hora, tiro meus sapatos e deito na minha cama. Durmo profundamente e também acordo sozinho. Os dias que não durmo a sesta, sinto falta deste momento”.

6. Precisa estar com as pessoas

“Não posso viver sem as pessoas, não sirvo para ser monge, por isso fiquei morando aqui (na Casa Santa Marta). Esta é uma casa de hóspedes, há 210 quartos, vivem aqui 40 pessoas que trabalham na Santa Sé e os outros são hóspedes, bispos, padres, leigos, que passam por aqui e ficam hospedados. E isso me faz muito bem. Ficar aqui, comer no refeitório, onde estão todas as pessoas, celebrar a Missa onde quatro dias por semana vem gente de fora, das paróquias… Eu gosto muito disso. Eu me tornei padre para estar com as pessoas. Agradeço a Deus que isso continue sendo assim”.

7. Considera-se cidadão “de alma”

O Papa assegura: “Sempre gostei de andar pelas ruas. Quando era Cardeal, adorava caminhar pelas ruas, andar de ônibus, metrô. Adoro a cidade, sou cidadão de alma”. E explicou que “não poderia viver na roça”. Talvez, por isso ainda sinta saudades de sair pela rua sem preocupações. “Disso sim eu tenho saudades, da tranquilidade de caminhar pelas ruas. Ou ir a uma pizzaria e comer uma boa pizza”.

[Leia também: 7 coisas que provavelmente você não sabia sobre Bento XVI]

Comentários

comentários