76 religiosas de um mesmo convento são diagnosticadas com Covid-19

por -
Créditos: Exe Lobaiza

Setenta e seis religiosas franciscanas do mesmo convento testaram positivo para a Covid-19 em Thuine, no noroeste da Alemanha.

Segundo informou a agência de notícias The Associated Press, a madre superiora Maria Cordis Reiker comunicou que outras 85 freiras tiveram resultados negativos para a doença no monastério.

No entanto, as autoridades sanitárias colocaram toda a congregação em quarentena desde a semana passada, depois que foram descobertos os primeiros casos.

A Ir. Maria Cordis Reiker disse que apesar das 76 religiosas terem sido diagnosticadas, elas estavam “agradecidas que até o momento ninguém precisou ir para o hospital”.

Ela também afirmou que ainda estão sendo aguardados os resultados dos testes de outros 160 empregados e clérigos do monastério, incluindo as enfermeiras que trabalham no lar de idosos e as que trabalham na cozinha e lavanderia.

As religiosas também dirigem um internado para crianças e várias outras escolas, incluindo uma vocacional.

“Não sabemos como continuarão as coisas no que se refere aos nossos colégios, tudo ainda está mudando”, contou a irmã.

O Instituto Robert Koch informou que 13.604 pessoas testaram positivo para o coronavírus na Alemanha nas últimas 24 horas. E que o contágio está diminuindo entre os mais jovens e aumentando entre as faixas etárias mais velhas.

Rezemos pela saúde destas religiosas e por todas as vítimas da Covid-19!

[Leia também: “Atentado contra a fé”: Polícia invade missa no Sul e manda encerrar por causa da Covid-19]
[Leia também: 13 freiras do mesmo convento morrem por Covid-19: “Foi o nosso momento mais trágico”]