Arcebispo auxiliar de Los Angeles é morto a tiros no fim de semana

por -
Créditos: Twitter/Reprodução

Tende misericórdia, Senhor!

O Arcebispo auxiliar de Los Angeles (Califórnia), Dom David O’Connell, foi assassinado a tiros no último sábado (18). O prelado era bastante conhecido por seu apostolado junto aos imigrantes e aos mais pobres e marginalizados da cidade.

[Leia também: “Uma pessoa de branco me alimentou”: a incrível história de uma criança após terremoto]

O crime aconteceu aproximadamente às 13h, segundo informou o Departamento de Polícia do condado de Los Angeles à rede televisiva KABC.

Dom O’Connell foi encontrado pelos policiais com um tiro no tronco, e foi declarado morto ainda no local. As autoridades ainda estão investigando as razões do delito, já que nenhuma outra informação ou suspeito foi encontrado até o momento.

Em nota, o Arcebispo José Gomez expressou seu pesar e disse apenas que o arcebispo auxiliar havia morrido, sem expressar mais detalhes. “Estou muito triste esta tarde em informar que nosso amado Bispo Auxiliar David O’Connell faleceu inesperadamente”.

“É um choque e não tenho palavras para expressar minha tristeza”, completou.

No sábado a noite, dezenas de fiéis compareceram ao local do crime para acender velas e rezar pelo arcebispo falecido.

A repórter do LA Daily News, Clara Harter publicou em seu twitter imagens do momento e explicou: “Estou em Hacienda Heights, onde o Bispo David O’Connell, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Los Angeles, foi morto a tiros hoje cedo. Paroquianos se reúnem no local do crime para lamentar e rezar por seu amado líder.”

“As pessoas descreveram O’Connell como muito acessível, amigável, generoso com seu tempo e com um ótimo senso de humor. Ele era um Bispo do povo e estava intimamente envolvido em muitas paróquias. As pessoas estão chocadas com sua morte. ‘Por que alguém iria querer atirar em um bispo?’ disse José Alvarez”, completou.

Veja as fotos e vídeo aqui:

Clique aqui caso não consiga ver o post

Dom David O’Connell nasceu na Irlanda em 1953, frequentou o seminário de All Hallows College em Dublin e foi ordenado sacerdote pela Arquidiocese de Los Angeles em 1979. Foi feito bispo pelo Papa Francisco em 2015.

Descanso eterno, dai-lhe, Senhor!

[Leia também: Mais uma Diocese decide suspender padrinhos de Batismo e Crisma; entenda]
[Leia também: Ele ia vandalizar o sacrário, até que uma imagem da Virgem Maria o deteve]
Victoria Arruda é jornalista, ama filmes, livros, música, teologia, política e... pizza. Escreve sobre coisas aleatórias, pra combinar com suas preferências pessoais.