Arcebispo e frades franciscanos impedem que estátua de santo seja arrancada por manifestantes

por -
Créditos: Bishop Barron/Reprodução

O Arcebispo auxiliar de Los Angeles, nos Estados Unidos, Dom Robert Emmet Barron, se uniu a frades franciscanos e fiéis para impedir a derrubada da imagem de São Junípero Serra de um convento em Solvang, no sul da Califórnia.

Em um vídeo postado em sua conta do Twitter, ele informou: “Amigos, estou deixando a Missão de Santa Inês agora, onde passei o dia celebrando Missa, rezando o Rosário e defendendo o legado de São Junípero Serra de manifestantes que queriam retirá-lo da propriedade da igreja. O dia terminou em paz. Por favor rezem pelos frades e paroquianos“.

Ele conta que, após a missa no sábado (22), foram surpreendidos por um grupo que se reuniu no local para protestar contra a imagem do santo espanhol do século XVIII.

Segurando cartazes e gritando palavras de ordem, várias pessoas queriam arrancar a estátua, mas os religiosos e fiéis permaneceram rezando e cantando, em defesa do santo e do patrimônio da Igreja.

Não acredito que a Igreja tenha que se conformar com pessoas querendo tirar estátuas de nossos santos em nossas propriedades. Não é preciso responder fogo com fogo“, disse ele.

Segundo o Dom Barron, a iniciativa foi pacífica e sem incitar a violência, e graças a Deus, não houve nenhum problema e a imagem permaneceu de pé. “Acredito que foi um bom dia para a Igreja“, completou.

No domingo, também pelo Twitter, o bispo novamente pediu orações “pelos frades e paroquianos, e até mesmo por estes manifestantes”, e postou algumas fotos do momento.

Confira as fotos postadas nas redes sociais:

Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron
Créditos: @ bishopbarron

Desde a morte de George Floyd, uma onda de protestos “antirraciais” começou nos Estados Unidos se espalhou pelo mundo. Nestas ocasiões, muitos vândalos têm derrubado estátuas de personalidades famosas e santos, inclusive pichando-as e queimando-as.

Frei Junípero fundou nove missões na Califórnia e faleceu em 1784, no México. Foi beatificado em 1988 por São João Paulo II e canonizado pelo Papa Francisco em 2015. Em seu trabalho missionário, sempre defendeu os nativos e ficou conhecido como “O pai da Califórnia”.

Rezemos pela nossa Igreja!

[Leia também: Arcebispo da Califórnia faz exorcismo onde estátua de santo foi arrancada por vândalos]
[Leia também: Imagem de Nossa Senhora negra é vandalizada em protesto do Black Lives Matter na Holanda]