Arquidiocese esclarece sobre suposto sangue que escorre da imagem de São Miguel

Créditos: Alicia Martinez

É mesmo sangue sangue? 🤔

A Arquidiocese de Denver, nos Estados Unidos, respondeu essa pergunta ao divulgar os resultados de uma análise química realizada em uma estátua de São Miguel que supostamente estava escorrendo sangue.

[Leia também: A poderosa oração a São Miguel Arcanjo para libertar seu país do poder do demônio]

Recentemente uma moradora do Colorado, Alicia Martinez, havia afirmado que sua estátua de 70 centímetros de São Miguel Arcanjo começou a escorrer uma substância vermelha escura pouco antes da Rússia invadir a Ucrânia em 24 de fevereiro.

São Miguel Arcanjo é o santo padroeiro de Kiev, na Ucrânia.

Alicia disse que sua colega de quarto foi quem descobriu a imagem supostamente sangrando. Ela descreveu o incidente como “lindo” e uma “sensação inexplicável”.

“Isso não é fraude. Isso não é para me tornar famosa”, disse ela à Catholic News Agency. “Eu sei que é algo divino de Deus que não acontece com todos.”

Veja aqui o vídeo:

Clique aqui caso não consiga ver o vídeo

Infelizmente, porém, a substância não era sangue. A Arquidiocese de Denver realizou uma análise química, afirmando que a substância era “semelhante ao esmalte vermelho”.

“Foi realizada uma análise química do líquido seco nos cotonetes usando o método Kastle-Meyer para amostras de sangue presumivelmente positivas”, disse a Arquidiocese.

“O teste mostrou definitivamente que o líquido vermelho obtido da estátua não era sangue humano nem animal. A aparência da substância nos cotonetes era semelhante ao esmalte vermelho.”

A Arquidiocese concluiu o comunicado encorajando os fiéis a “exercer prudência” antes de “se envolverem com aparições não aprovadas ou supostos milagres”.

São Miguel, defendei-nos no combate!

[Leia também: O Terço de São Miguel: poderosa oração para batalha espiritual que todo católico deveria saber]
[Leia também: Imagem de Nossa Senhora chora azeite, mel e sal no Brasil? Padre registra incrível vídeo!]
Jacqueline Burkepile é editora da versão em inglês do ChurchPOP. Ela é jornalista, ex-ministra em campus universitários, esposa e mãe.