Brasil tem mais de 300 padres com Covid-19; 21 morreram

por -
Créditos: ritalaura

A Comissão Nacional de Presbíteros (CNP), ligada à CNBB, divulgou um boletim no dia 28 de julho com a relação dos sacerdotes diagnosticados com o novo coronavírus. Ao todo, 347 padres diocesanos testaram positivo e 21 morreram em decorrência de complicações da doença.

A região Norte, entre os estados do Pará e Amapá, concentra o maior número de infecções (58) e mortes (6). Em segundo lugar está a região que compreende os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, que soma 57 infectados e 3 mortes.

Seguido por São Paulo, com 38 casos e 1 morte e o estado do Ceará, com 37 infectados e 4 mortes.

E ainda Bahia e Sergipe, com 20 padres diagnosticados.

Bispos infectados

A relação também mostra 9 bispos que testaram positivo para o novo Coronavírus, são eles:

De Crateús (CE), Dom Ailton Menegussi
De Parnaíba (PI), Dom Juarez Souza da Silva
De Picos (PI), Dom Plínio José da Luz
De Propriá (SE), Dom Vítor Agnaldo de Menezes
De Colatina (ES), Dom Joaquim Wladimir Lopes Dias
De Belém (PA), Dom Alberto Taveira Corrêa
De Belém (PA), Dom Antônio de Assis Ribeiro
De S. Gabriel da Cachoeira (AM), Dom Edson Tasquetto Damian
De Natal (RN), Dom Jaime Vieira Rocha

E duas mortes foram registradas, Dom Aldo Pagotto, bispo emérito da Paraíba, e Dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares (PE).

Rezemos pelos nossos sacerdotes!

[Leia também: 13 freiras do mesmo convento morrem por Covid-19: “Foi o nosso momento mais trágico”]

Comentários

comentários