Descubra como a Virgem Maria salvou 7 mulheres de ataque do Estado Islâmico

por -

Sete jovens universitárias da cidade de Kirkuk, Iraque, sobreviveram milagrosamente a um ataque do ISIS.

O EStado Islâmico atacou a cidade de Kirkuk no dia 21 de outubro de 2016, e durante a noite entraram na casa onde as jovens dormiam.

Elas perceberam que tinham entrado na casa, e a primeira reação que tiveram foi esconder-se debaixo da cama. Era um esconderijo muito fácil de ser encontrado, em especial por ser tratar de várias pessoas.

No entanto, por alguma razão, os soldados não as viram e o mais surpreendente é que os terroristas usaram este dormitório por mais de 8 horas seguidas.

Os terroristas comeram, dormiram, fizeram suas orações e cuidaram de suas feridas naquele lugar e não encontraram as mulheres.

Uma das jovens tinha um celular com o qual se comunicava por mensagens com o Padre Roni Momika, o sacerdote encarregado dos acampamentos de refugiados no norte do Iraque.

Enquanto se estavam escondidas, ele pedia que elas não fizessem barulho, e que rezassem e pedissem a Virgem Maria para cuidar delas.

Uma delas relatou que alguns terroristas pareciam olhá-las debaixo da cama, mas não reagiam, olhavam mas não as viam. Para elas era como se a Virgem Maria tivesse fechado os olhos dos terroristas para protegê-las.

Depois de 8 horas, os soldados do ISIS se retiraram do lugar, as jovens puderam escapar e encontrar seus familiares.

Peçamos a Deus que pela intercessão da Nossa Mãe, mais vidas possam ser salvas no Oriente Médio e em todos os lugares em que imperam a violência e o ódio, e também nós sejamos salvos das amarras do pecado que nos impedem de sermos livres.

[Leia também: Esta foi a última oração das Irmãs da Caridade antes de serem mortas por terroristas]
[Leia também: A incrível alegria dos cristãos que vivem no Iraque]

Comentários

comentários