É permitido beber água benta? E guardá-la em casa?

por -

As únicas finalidades para a água benta são a de santificar os momentos e objetos da nossa vida e repartir nela os benefícios da glória de Deus.

Neste sentido, existem três maneiras lícitas de usar a água benta segundo a Igreja Católica: consagrar, abençoar e exorcizar.

Ao consagrar, a água benta ajuda a separar coisas e pessoas para Deus. Em seu uso oficial na liturgia, tem como função dedicar uma pessoa ao serviço do Senhor.

Ao abençoar, a água compartilha as bondades de Deus com as pessoas. As salva dos pecados veniais e infunde nelas a alegria do Espírito Santo. 

No exorcismo, a água benta é uma ferramenta útil para o combate contra o demônio. É preciso lembrar que o sacerdote é o único autorizado a usá-la dessa forma.

Fora isso, o uso é ilícito e proibido pela Igreja. Neste sentido, a água benta não é para beber, já que o objetivo não é saciar a sede do indivíduo.

Também é preciso recordar que ter água benta em casa, se não for para abençoar ou purificar-se dos pecados veniais, não serve para nada. Não emite nem energia positiva nem nada mágico sobre a casa.

Usemos bem estes sacramentais, não como objetos superticiosos, mas como um canal da graça de Deus, nosso Salvador.

[Leia também: 5 coisas que você não sabia sobre a água benta]

Comentários

comentários