Ele ficou preso em uma mina por 9 dias e esta foi a primeira coisa que fez ao sair!

Créditos: listindiario.com.

Um jovem mineiro ficou preso no subsolo por quase 10 dias com um parceiro de trabalho. Depois de ser resgatado e passar 48 horas no hospital, a primeira coisa que fez com sua família foi ir à missa para agradecer!

Gregory Méndez e Carlos Yépez Ospina trabalhavam na mina Cerro Maimón, na província de Monseñor Nouel, República Dominicana. Em 31 de julho, eles estavam em atividade como de costume quando ocorreu um deslizamento de rochas que bloqueou a saída, deixando-os presos.

[Leia também: Conheça a história do astronauta que levou Jesus Eucarístico para o espaço!]

Ele ficou preso em uma mina por 9 dias e esta foi a primeira coisa que fez ao sair!

Na terça-feira, 9 de agosto, após quase 10 dias de sufoco, o jovem mineiro e seu colega foram resgatados. Mais de 70 mineiros especialistas em mineração subterrânea participaram da operação de resgate.

Mal conseguindo sair da mina, Gregory passou 48 horas em um hospital se recuperando. No entanto, a primeira coisa que escolheu fazer com a família após a alta foi ir à missa na capela do Sagrado Coração de Jesus. Era assim que ele queria mostrar sua gratidão a Deus por ter cuidado dele.

Depois da missa, Gregory e sua família se reuniram na casa de sua avó para celebrar com um bolo. Um de seus primos ficou encarregado de carregá-lo e a gratidão pela saúde do jovem mineiro estendeu-se também à Mãe de Jesus. O bolo foi decorado com uma imagem da Virgem de Altagracia!

Veja como foi o resgate dos mineiros:

Clique aqui caso não consiga ver o vídeo

Belo testemunho de fé!

[Leia também: Menina espancada, queimada e vendida pelo pai afirma que a Virgem Maria a salvou]
[Leia também: Padre se passa por traficante para salvar criança que seria vendida!]