Entubado por complicações de pneumonia, Cardeal Burke está “em estado crítico”

por -
Créditos: St. Raymond of Peñafort Catholic Church/Reprodução

O Cardeal Raymond Leo Burke está “em estado crítico” por causa de complicações de uma pneumonia. Ele comunicou nas redes sociais no dia 10 de agosto que havia sido diagnosticado com a Covid-19, e no dia 14 precisou ser entubado.

O Pe. John Zuhlsdorf twittou nesta terça-feira (17): “Continuem as orações e ofereçam penitências pelo Card. Burke, que está indo mal. Tenho a confirmação de duas outras fontes que conhecem a família: Ele está em estado crítico com pneumonia. O próximo dia ou dias irão dizer“.

Em comunicado oficial sobre o estado de saúde do cardeal, o Rev. Paul N. Check, diretor executivo do Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, disse que “neste 17 de agosto, Sua Eminência continua em estado grave, mas estável. Sua família, que com uma equipe de médicos é responsável por todas as decisões médicas enquanto o Cardeal permanece sedado e em ventilação médica, tem grande confiança no atendimento que está recebendo. O cardeal recebeu os sacramentos de padres próximos a ele. Existem várias relíquias em seu quarto“.

A nota agradece ainda “a demonstração de amor, orações e apoio durante a hospitalização de Sua Eminência”, que “muito consolou sua família, edificou aqueles que o servem no Santuário e em outros lugares, e testemunhou o caráter e a virtude do homem que tantos consideram um pai espiritual”.

“Apreciamos profunda e abundantemente esta caridade e louvamos e agradecemos ao nosso Pai Celestial, especialmente pelo serviço brilhante e fiel do Cardeal Burke à Igreja que ele ama profundamente.

Rev. Paul ressalta ainda que “a família não planeja divulgar a localização de Sua Eminência para evitar as dificuldades óbvias que isso pode causar.”

“Nada fica fora da providência de Deus. Nada fica fora do alcance de Sua graça. Estas são verdades espirituais que conhecemos e que o Cardeal nos ensinou com o seu próprio exemplo de fidelidade na confiança e entrega ao Bom Deus. A confiança nessas verdades nos abre para a paz que o mundo não pode dar ou receber. Se pudesse falar conosco agora, diria o que sempre nos ensinou: que nosso Pai Celestial é bom, misericordioso, justo, providente e soberano; que somos Seus filhos amados e que Ele nunca nos deixará órfãos; que não devemos temer a Cruz como o caminho para a vida eterna; que os sacramentos são os canais mais diretos da graça e que fazemos o maior bem à alma recebendo a Santa Comunhão com frequência e indo à confissão regularmente; que devemos fazer nossas orações diárias; e que nos amemos uns aos outros como Jesus Cristo nos amou: com generosidade, até ao sacrifício heroico.”

E por fim, o apelo: “que rezemos o Rosário com frequência e com fervor, e assim nos coloquemos sob o manto de Nossa Senhora, confiantes no seu amor materno e na sua intercessão”.

“Continuem as suas orações pelo Cardeal Burke e pela sua família, em particular na Santa Missa e na oração do Rosário. Estamos cheios de gratidão pela abundância de orações e amor por este filho fiel e servo da Igreja”, termina o comunicado.

Rezemos por ele!

[Leia também: Padre Ronney termina tratamento contra o câncer e posta vídeo tocando o “sino da vitória”]
[Leia também: Dunga conta que sofreu infarto e precisou ir para a UTI: “Minha confiança em Deus só aumentou”]
Victoria Arruda é jornalista, ama filmes, livros, música, teologia, política e... pizza. Escreve sobre coisas aleatórias, pra combinar com suas preferências pessoais.