Esta jovem ginasta levará sua fé católica para as Olimpíadas de Tóquio

Créditos: Instagram/Reprodução

Grace McCallum tem apenas 18 anos, mas já carrega uma grande responsabilidade nas costas: representar o país em não qualquer competição, mas as Olimpíadas! A jovem ginasta, no entanto, está lidando bem com esta pressão, pois sabe bem em quem colocou a sua confiança.

Grace é uma das seis mulheres a integrarem a equipe norte-americana de ginástica para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorrerão de 23 de julho a 8 de agosto de 2021. O evento seria ano passado, mas foi adiado devido a pandemia de Covid-19.

Esta jovem ginasta levará sua fé católica para as Olimpíadas de Tóquio

Nascida em Isanti, Minnesota (EUA), foi criada pelos pais Sandy e Ed McCallum, junto com cinco irmãos: Rachael, Madelyn, Joseph, John e Xavier. A família é muito católica e ativa em uma paróquia da cidade.

Segundo informou a mãe da ginasta, Grace não viaja sem levar seu terço e uma cruz especial que pertencia a sua avó. “Ela viaja com estas coisas para ter paz e calma”, disse.

Sandy contou que a oração é fundamental e muito importante para eles, inclusive para Grace. “A mantém focada. Ela continua rezando, porque realmente faz a diferença”. Grace também se sente grata por todos que se aproximam e dizem estar rezando por ela.

Sandy relatou ainda um momento especial que aconteceu: durante uma competição em 2019 nos Estados Unidos, Grace e sua família rezaram e pediram a intercessão de Santa Filomena, a santa de confirmação da jovem.

E exatamente no dia 11 de agosto, festa da santa, foi o dia em que Grace ganhou a medalhe de bronze no evento. A mãe expressa que foi “algo maravilhoso” esta vitória ter acontecido logo nesta data.

Sandy tenta ao máximo acompanhar Grace nas viagens e procura sempre uma igreja perto para rezar e participar da missa, “porque me ajuda a concentrar-me para poder estar lá para Grace”.

Apesar da pouca idade, Grace sabe bem que o talento que tem lhe foi dado por Deus e sabe bem o que tem que fazer: “Preciso usá-lo e não desperdiçá-lo”, afirma.

Rezemos por ela!

[Leia também: Usain Bolt, sua fé católica e a Medalha Milagrosa]
[Leia também: Um dos maiores jogadores de basquete da história diz que sua fé o salvou]
Victoria Arruda
Victoria Arruda é jornalista, ama filmes, livros, música, teologia, política e... pizza. Escreve sobre coisas aleatórias, pra combinar com suas preferências pessoais.