Existe vida extraterrestre? Veja o que diz este sacerdote astrofísico

por -
Créditos: Internet/Reprodução

Com certeza em algum momento você já se perguntou sobre a possibilidade da existência de vida extraterreste, e se isso seria compatível com a fé católica. Mas será que esta pergunta tem uma resposta?

No programa televisivo espanhol Tears in the Rain – apresentado pelo escritor Juan Manuel de Prada – o padre jesuíta astrofísico Manuel Carreira respondeu a esta questão de forma categórica e bem fundamentada.

O Padre Carreira, falecido em fevereiro de 2020, era licenciado em Filosofia e Teologia e era doutor em Astrofísica. Além disso, foi membro do Conselho de Administração do Observatório do Vaticano por 15 anos. Ele aconselhou e colaborou em vários projetos da NASA e foi professor em universidades nos Estados Unidos e na Espanha.

Existe vida extraterrestre? Uma resposta enérgica de um sacerdote astrofísico

No programa de televisão, o Padre Manuel Carreira comenta a questão da existência de vida extraterrestre. Ele diz:

“Há o perigo de querer dizer de uma forma totalmente não científica, que o que vemos é um universo de uma infinidade de universos, porque se toma como base algo que é totalmente absurdo e que tudo que matematicamente pode ocorrer, tem que acontecer de fato.

Eu vejo muito isso nas discussões sobre a vida fora da Terra. Eles me perguntam: ‘É possível que haja outro planeta com vida inteligente?’ De acordo com as leis físicas, sim, é possível. ‘Então é provável que haja, porque há tantos astros lá fora… e se é provável, então há'”.

Dito isto, o sacerdote propõe um exercício de pensamento que põe seriamente em causa as afirmações sobre a certeza da vida extraterrestre.

“Eu digo, ‘bom, vamos fazer um experimento muito simples: é possível, segundo as leis da física, que se eu deixar cair esta caneta na mesa, ela fique de pé sobre a ponta? Sim, é possível de acordo com as leis da física.

É provável que, se você a deixar cair um milhão de vezes, que isso aconteça pelo menos uma vez? Não. É certo que vá acontecer? Não, não e não. Portanto, não me misture possível, provável e verdadeiro“.

Para o padre Manuel Carreira, a afirmação de que existe vida extraterrestre “às vezes é feita de uma forma que é inconsciente ou muito conscientemente um desejo de diminuir a dignidade humana”.

O universo existe para o ser humano?

Logo, o sacerdote acrescenta: “Tudo o que pode existir de maneiras diferentes tem que ser ajustado extrinsecamente para que exista de uma maneira concreta e não de todas as outras possíveis”.

“Portanto, o universo teve que ser ajustado já em seu primeiro momento e este ajuste tem que ter um fim. E o fim que se descobre é ajustá-lo para que possa existir a vida humana”.

“O universo foi feito para que houvesse quem pudesse se relacionar de forma pessoal com o Criador”, conclui ele.

O que achou desta explicação?

[Leia também: 15 cientistas que também foram sacerdotes]
[Leia também: Engenheira aeroespacial da NASA larga tudo para ser freira]