“Foi um milagre”: Sua mãe estava agonizando com Covid-19, até ela rezar a Carlo Acutis

por -
Créditos: Facebook

“Pedi a Deus que não a levasse”, conta Sabrina Olmedo ao ChurchPOP. Ela também pediu ao beato Carlo Acutis que intercedesse por sua mãe Nélida, que estava gravemente enferma com Covid-19. Ainda que Sabrina já estivesse esperando o pior, ela nunca perdeu as esperanças.

“Minha mãe se contagiou de coronavírus, tiveram que interná-la e em nossa província o sistema de saúde estava em colapso”, conta Sabrina, que mora em Neuquén, na Argentina, lembrando do fatídico dia 9 de outubro. Ela não sabia, mas Carlo Acutis seria beatificado no dia seguinte.

“Não havia respirador para ela, aqui haviam começado a selecionar que pessoas entubar”. A única possibilidade que sua mãe tinha era um aparelho que ajudava na provisão de oxigênio aos pacientes.

No entanto, várias pessoas mais velhas não conseguem usá-lo por causa da pressão do oxigênio, que em muitos dá a sensação de afogamento, ainda que não lhes falte ar de verdade.

“No primeiro dia da internação o prognóstico foi muito desanimador, dependia dela tolerar ou não”, lembra Sabrina. “Se ela se cansasse de respirar ou tirasse o equipamento, seus pulmões não iam aguentar pois estavam muito mal”.

Nesta mesma noite de sexta-feira, o complexo quadro de Covid-19 causou em Nélida duas paradas cardiorrespiratórias, mas os médicos conseguiram oferecer-lhes os cuidados a tempo.

No meio do desespero, conheceu o beato Carlo Acutis

“Eu não era nada crente, ainda que minha mãe fosse muito católica, eu não”, reconhece. “Mas neste sábado -o dia da beatificação de Carlo Acutis- me lembro que ela estava muito mal, e eu estava lendo as notícias para ver se algum respirador estava desocupado para a minha mãe”.

“Então”, diz entre lágrimas, “leio sobre este menino Carlo, comecei a ler a notícia e quando vi a imagem pedi por minha mãe; foi isso, rogar para que Deus não a levasse e lhe desse a força necessária para superar aquilo que estava acontecendo”.

[Leia também: Esta é a oração que você pode fazer para pedir a intercessão de Carlo Acutis]

Sabrina conta que não podia ver a mãe, que estava internada, e além disso, ela também estava doente, então estava isolada em sua casa.

“E assim foi, pedi todos os dias. Salvei uma imagem dele, o olhava e lhe pedia que por favor Deus não a levasse. E no dia 27 de outubro minha mãe teve alta”.

Realmente todos dizem que foi um milagre, pela sua idade e por todas as complicações que tem. Ela tem uma enfermidade pulmonar obstrutiva crônica, obesidade, hipertensão e é dependente de insulina (diabetes)”.

Já se passaram várias semanas e sua mãe continua melhorando das sequelas que o Covid-19 lhe deixou. Ainda precisa usar oxigêncio, mas também faz exercícios para voltar a respirar sem ajuda.

“Se você me perguntar como esta notícia apareceu e porquê a li, quando jamais lia coisas que tivessem a ver com a Igreja… Não sei, não sei porque seu rosto me chamou atenção… eu também não sei“, confessa Sabrina.

Mas hoje ela sabe que Carlo Acutis intercedeu por sua mãe e está muito grata a ele pela vida dela. “Aí começou minha fé. Me deu esta pequena luz para saber que existe algo maior”.

Beato Carlo Acutis, rogai por nós!

[Leia também: Os sonhos proféticos que a mãe de Carlo Acutis teve com o filho e São Francisco de Assis]
[Leia também: Conheça o milagre do garoto brasileiro que tornou Carlo Acutis beato]