Hipócritas! Nova Iorque celebra lei do aborto iluminando local com memorial de crianças não-nascidas

por -
Lista de Susan B. Anthony, Facebook / Javan Ng

O dia 22 de janeiro de 2019 foi um dia horrível para Nova Iorque, o governador Andrew Cuomo assinou um projeto de lei que permite abortos até o nascimento.

Como uma maneira de “celebrar” a nova lei, o governador ordenou que alguns edifícios importantes da cidade, entre eles o topo do World Trade Center, tivesse uma iluminação rosa.

[Leia também: A revelação de Deus a Santa Faustina sobre o aborto]

No entanto, a lógica distorcida e terrível:

Onze crianças não nascidas perderam suas vidas durante os ataques terroristas de 11 de setembro. O memorial de 11 setembro lista as mães e seus filhos não nascidos.

Este memorial reconhece um feto como humano, enquanto o governador e seus legisladores celebram o assassinato de crianças não nascidas. Ou seja, terroristas não podem matar crianças não nascidas, apenas os abutres abortistas. Hipócritas!

Primeiro, vamos dar uma olhada no post do governador:

@NYGovCuomo, Twitter

O tweet diz: A #LeiDeSaúdeReprodutiva agora é lei no estado de Nova Iorque. Nós iluminamos a torre para celebrar.

Em resposta a esse anúncio, o advogado pró-vida Obianuju Ekeocha  disse:

@obianuju, Twitter

Seu tweet diz: “Você acendeu a torre para celebrar o aborto dos que ainda não nasceram no mesmo local onde fui chorar pela memória das 11 crianças não-nascidas assassinadas por terroristas. Você recorda as vidas daqueles que foram mortos por terroristas, mas se vira para celebrar os mortos pelos abortistas”.

Vamos orar pela conversão de todos os apoiadores do aborto, especialmente o governador Cuomo!

[Leia também: Oração à Virgem Maria para lutar contra o Aborto]

Comentários

comentários