Jovens rezam pela libertação da Venezuela durante JMJ

por -

Durante a cerimônia de acolhida e abertura da Jornada Mundial da Juventude no Panamá, muitas bandeiras, de diversos países eram erguidas, como sinal de amor a sua pátria. De todos os cantos da terra vieram jovens para encontrar com Papa Francisco.

Entre tantas bandeiras, uma chamou a atenção das câmeras. Era uma bandeira gigante da Venezuela, onde estava escrito: #PrayForVenezuela, ou seja, Reze pela Venezuela.

Esta é uma das muitas expressões dos peregrinos venezuelanos que, além de ter um encontro profundo com Deus nesta JMJ, também pedem a seus irmãos católicos que rezem com eles pela realidade política, social e econômica de seu país.

Cerca de 400 venezuelanos estão participando da JMJ. E só conseguiram participar da JMJ porque estavam vivendo em outros países, fugidos da ditadura da Venezuela.

Robert Araújo, um jovem venezuelano de 27 anos, contou em uma entrevista a ACI Prensa que a bandeira mede aproximadamente 60 metros e que foi feita graças a solidariedade de muitos com a Venezuela.

“Esta bandeira é um reafirmar que os venezuelanos, os latinoamericanos, todos os cristãos do mundo inteiro, cremos firmemente na oração”, disse Robert, pedindo que todos continuassem a rezar por seu país.

Emmanuel Chacon

O jovem falou ainda que Cristo é o Rei dos reis, e que só Ele é capaz dar a verdadeira liberdade a seu país.

[Leia também: Jovem cadeirante é erguido por amigos para ver o Papa e emociona a todos]

Comentários

comentários