Mark Zuckeberg diz não ser mais ateu e que a religião é “muito importante”

por -
Mark Zuckerberg, Facebook

Mark Zuckerberg, 32 anos fundador e CEO do Facebook, revelou no Natal em sua página no Facebook que ele não é mais ateu e que agora acha que a religião é “muito importante”.

Zuckerberg compartilhou suas novas idéias sobre religião em um comentário num post que fez sobre o Natal. “Feliz Natal”, ele postou em sua página, “e Feliz Hanukkah de Priscilla, Max, Besta e eu!”

O fundador do Facebook já havia se declarado publicamente como um ateu, e isso fez com que um dos seus seguidores o questionasse: “Mas você não é ateu?” Zuckerberg respondeu: “Não. Fui criado como judeu e depois passei por um período em questionei as coisas, mas agora acredito que a religião é muito importante.”

Ele não explicou mais sobre suas crenças religiosas.

Zuck casou-se com Priscilla Chan em 2012, e tiveram seu primeiro filho em dezembro de 2015. Logo depois, eles anunciaram que planejaram doar 99% de suas doações do Facebook para a caridade. Não está claro se casar-se e tornar-se pai afetou sua visão da vida, embora essas coisas muitas vezes nos faz levar religião mais a sério.

Zuckerberg e sua esposa também encontraram com o Papa Francisco em 2016 no Vaticano. “Foi um encontro que nunca vou esquecer”, Disse o CEO do Facebook. “Você pode sentir o carinho e a bondade [do Papa Francisco], e como ele se importa muito em ajudar as pessoas”.

Aqui está o post original:

Mark Zuckerberg, Facebook
Mark Zuckerberg, Facebook

E aqui está o comentário sobre suas crenças religiosas:

Mark Zuckerberg, Facebook
Mark Zuckerberg, Facebook
[Leia também: Papa Francisco encontra-se com Mark Zuckerberg no Vaticano]
[Leia também: 6 dicas de como jovens cristãos devem se portar nas redes sociais]