“Milagre da Quinta-feira Santa” afirmou sacerdote que recebeu alta depois de grave caso de coronavírus

por -

O sacerdote peruano que padecia de um quadro grave de coronavírus recebeu alta há poucos dias e afirma que sua recuperação foi “um milagre da Quinta-feira Santa”.

Luis Núñez del Prado é padre diocesano da paróquia de São Gabriel Arcanjo, distrito de Villa María del Triunfo, na Diocese de Lurín.

No dia 11 de março, ele foi internado com urgência no Hospital Edgardo Rebagliati com um quadro de pneumonia atípica causada pelo coronavírus. Imediatamente recebeu assistência pulmonar e permaneceu com respirador artificial por quase um mês.

Porém o mais incrível foi o dia em que tiraram o seu respirador: “É um milagre porque a Quinta-feira Santa é o dia sacerdotal. É um presente, um sinal de Deus, de como Deus ama seus filhos sacerdotes”, declarou o padre Luis a RPP Noticias.

E a cada Quinta-feira Santa se celebra o dia do sacerdote, porque foi nesta ocasião em que Jesus instituiu o sacramento da Ordem Sacerdotal. 

“Neste dia, os sacerdotes do mundo inteiro são convidados a concelebrar a Eucaristia com seus bispos e a renovar suas promessas e compromissos sacerdotais à serviço de Cristo e da Sua Igreja”, falava São João Paulo II em uma carta aos sacerdotes em 1986.

Neste mesmo dia, o padre Luis sente que Deus o resgatou e lhe deu uma nova oportunidade. Desde então, sua melhora foi acontecendo.

Depois da alta, o sacerdote recuperado de coronavírus nos diz: “Nunca percam a esperança, nunca percam a fé. É preciso seguir lutando, é possível. É preciso ser forte e valente, porque Deus nos dá essa fortaleza”.

Senhor, te pedimos por todos os sacerdotes!

Comentários

comentários