Milagre de São Francisco de Assis salva animais de incêndio em zoológico

por -
Diocese of Lafayette, Facebook

Bendito seja Deus!

A diocese de Lafayette, no estado americano de Louisiana, compartilhou uma história incrível em sua página no Facebook. No último sábado, um grande incêndio começou no zoológico  em Acadiana, apesar do fogo ter sido enorme e ter causado muitos danos às instalações, nenhum animal se feriu. E o dono do zoológico atribuiu tudo isso a… São Francisco.

Exatamente isso que você leu!

“O incêndio foi enorme”, diz o site da diocese. “As chamas subiram três andares. Estava tão quente que a laje de concreto começou a explodir.

O dono do zoológico, George Oldenburg, que é católico, disse que quando acordou suas “janelas estavam brilhando laranja”. O fogo estava a poucos metros das áreas das girafas e dos macacos, e ele estava mais preocupado com a segurança deles.

“Eles estão presos”, disse Oldenburg à diocese. “Eu estava preparado para começar a soltá-los. Prefiro vê-los fugindo do que tendo uma morte assim. Eu estava pronto para dirigir meu caminhão através das cercas e liberá-los”.

Felizmente não precisou chegar a esse ponto. Os bombeiros conseguiram conter o fogo com sucesso. Surpreendentemente, embora o zoológico tenha sido quase todo destruído, nenhum animal ficou ferido.

No dia seguinte, no domingo, quando o dono estava olhando através dos destroços, algo chamou sua atenção: uma estátua de São Francisco de Assis ilesa!

Eu fiquei arrepiado quando vi. Quero dizer, é inacreditável! O Espírito Santo estava aqui protegendo meus animais, com certeza. […]

“Eu acredito que foi um milagre. Está tudo seco por aqui. Seria muito fácil para o fogo se alastrar por todo o zoológico. Estamos cercados por passarelas de bambu e madeira. É um milagre que nem tudo tenha sido consumido pelo fogo. Porque as chamas pararam aí, acho que foi por causa de São Francisco. Ele estava protegendo os animais”.

[Leia também: São Francisco de Assis e a espetacular lição de humildade]
[Leia também: 10 razões para você e sua família assistirem o filme “A Estrela de Belém”]

Comentários

comentários