Morre menina de 10 anos que fez sua Primeira Comunhão no hospital

por -
Créditos: Arquivo PCORMARIA

Descanso eterno, dai-lhe, Senhor!

Menos de um mês depois de ter recebido a Primeira Eucaristia numa cerimônia especial dentro do hospital onde estava internada, a menina de 10 anos Gabriela Romanoski faleceu neste domingo (8).

Em maio de 2020 ela foi diagnosticada com miocardiopatia, uma doença que provoca alterações no músculo cardíaco e impede o coração de funcionar normalmente. Ela estava na fila de espera para a realização de um transplante de coração.

A informação da morte dela foi confirmada pelo Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, devido a complicações da doença.

Pelo Facebook, a Paróquia Imaculada Conceição de Maria disse: “Há poucos dias celebramos com alegria a Primeira Eucaristia e Crisma da pequena Gabi. Hoje temos a tristeza de comunicar a todos que a linda Gabi não resistiu à espera de um novo coração”.

“O testemunho de fé, amor e esperança da Gabi alcançou o Brasil e o mundo. Ela, que quis receber Jesus através da Eucaristia, segue agora nos braços do Bom Pastor, junto de Deus”.

“Hoje, pedimos a oração de cada um de vocês pela família da Gabi e pelo seu descanso. Que Deus conforte os vossos corações”.

Mesmo com um estado de saúde delicado, ela realizou o sonho de fazer a sua Primeira Eucaristia no dia 25 de outubro. A missa foi organizada especialmente para ela na capela do hospital com a ajuda de familiares e a equipe médica local.

Rezemos pela alma de Gabi e por sua família!

[Leia também: Esperando transplante de coração, menina de 10 anos ganha cerimônia de Primeira Eucaristia]
[Leia também: Padre é impedido de entrar em hospital e idosa morre sem receber a Extrema Unção]