O conselho de Nossa Senhora de Fátima para acabar com as guerras

por -
Crédito: Domínio Público.

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia desencadeou as primeiras ações de guerra e o mundo olha com angústia para os tristes acontecimentos na Europa Oriental. Nós católicos somos chamados a rezar pela paz e para isso temos uma arma espiritual “infalível” que a Virgem de Fátima nos deixou.

[Leia também: Papa Francisco pede um dia de oração e jejum na Quarta-feira de Cinzas pela paz na Ucrânia]

Durante as aparições que ocorreram no ano de 1917, enquanto se desenrolava a Primeira Guerra Mundial, Nossa Senhora de Fátima indicou à Irmã Lúcia que havia algo especial que ela tinha que fazer para parar a guerra. Ao mesmo tempo, ela lhe disse que se eles não fizessem o que ela aconselhou, outra guerra pior viria.

Embora esses avisos tenham um contexto histórico claro, o conselho é essencial em todos os momentos em que o mundo está testemunhando uma guerra iminente. Isto é o que a Virgem Maria revelou.

O conselho de Nossa Senhora de Fátima para acabar com as guerras

“Rezem o terço todos os dias para alcançar a paz no mundo e o fim da guerra” (Primeira Aparição da Virgem: domingo, 13 de maio de 1917).

“Continuem a rezar o terço todos os dias em honra de Nossa Senhora do Rosário para obter a paz no mundo e o fim da guerra, porque só Ela pode alcançá-lo” (Terceira Aparição da Virgem: sexta-feira, 13 de julho de 1917).

“Para salvá-los, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu lhes digo, muitas almas serão salvas e terão paz” (Terceira Aparição da Virgem: sexta-feira, 13 de julho de 1917).

[Leia também: A grande promessa sobre o Imaculado Coração que a Virgem de Fátima fez à Lucia]

“A guerra vai acabar, mas se eles não pararem de ofender a Deus (…) uma pior começará” (Terceira Aparição da Virgem: sexta-feira, 13 de julho de 1917).

“Quero dizer-lhe para construir aqui uma capela em minha homenagem, que sou a Senhora do Rosário, para continuar a rezar o terço todos os dias. A guerra está terminando e os soldados logo voltarão para suas casas” (Sexta Aparição: Sábado, 13 de outubro de 1917 – Milagre do Sol”).

Nestas mensagens da Virgem de Fátima há algumas chaves para acabar com uma guerra com “armas espirituais”: parar de ofender a Deus (é um chamado ao arrependimento, conversão e reparação), rezar o terço incansavelmente e confiar-nos ao Imaculado Coração de Maria.

Rezemos pelo fim da guerra na Ucrânia!

[Leia também: O significado do misterioso Terceiro Segredo de Fátima explicado por Bento XVI]
[Leia também: A comovedora imagem de pessoas rezando em zona de bombardeio na Ucrânia]