Papa Francisco faz doação milionária para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti

Créditos: ACI Prensa

O Papa Francisco enviará cerca de U$ 230 mil dólares (o equivalente a R$ 1.2 milhão) ao Haiti para ajudar as vítimas do terremoto que atingiu o país no último dia 14 de agosto. O valor é “uma contribuição inicial” ao povo haitiano nesta “fase de emergência”, informou o Dicastério do Vaticano para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral.

[Leia também: Terremoto deixa padre morto e cardeal ferido no Haiti; rezemos por todas as vítimas!]

O órgão administrativo da Cúria Romana realizou uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (24) para fazer o anúncio e explicar que o dinheiro será enviado para as dioceses mais necessitadas, em parceria com a embaixada Vaticana no Haiti, a Nunciatura Apostólica.

Os recursos “serão utilizados para ajudar as vítimas do terremoto e pretendem ser uma expressão imediata do sentimento de proximidade espiritual e encorajamento paternal para com as pessoas e territórios afetados, demonstrado pelo Santo Padre”.

Após o terremoto de 7.2 de magnitude abalar o Haiti no dia 14, mais de 2.200 pessoas morreram, 12.268 ficaram feridas e cerca de 340 ainda estão desaparecidas. Aproximadamente 53 mil casas e edifícios foram destruídos, neste que foi o maior desastre natural no país desde o terremoto de 2010.

“#RezemosJuntos também pelo Haiti. Desejo expressar minha proximidade àquela querida população duramente atingida pelo terremoto. Que a solidariedade de todos possa aliviar as consequências da tragédia!”, disse o Santo Padre nas redes sociais em 15 de agosto.

O Dicastério informou que o pontífice também está enviando uma ajuda financeira de U$ 69 mil dólares para Bangladesh, que ainda busca se recuperar do ciclone Yaas, ocorrido no fim de maio. E cerca de U$ 117 mil dólares para o Vietnã, que está “em estado de grave necessidade devido às consequências socioeconômicas da pandemia”.

Rezemos pelos povos que sofrem!

[Leia também: Padre que consagrou o Afeganistão à Nossa Senhora pede orações pelo país]
[Leia também: As obras de caridade da Igreja Católica no mundo]
Victoria Arruda é jornalista, ama filmes, livros, música, teologia, política e... pizza. Escreve sobre coisas aleatórias, pra combinar com suas preferências pessoais.