Prestes a se tornar cardeal, Frei Cantalamessa pede ao Papa para não ser ordenado bispo

por -
Créditos: CNS/Paul Haring

No próximo dia 28 de novembro o Papa Francisco fará 13 novos cardeais, e um deles é o conhecido Frei Raniero Cantalamessa. O capuchinho, no entanto, declarou em entrevista recente ao site de sua diocese que pediu para não ser ordenado bispo.

Visto que existe esta possibilidade, pedi ao Santo Padre a dispensa da ordenação episcopal. A função do bispo, como diz o título de meu recente livro de exercícios espirituais para bispos, é ser pastor e pescador. Na minha idade [86], há muito pouco que eu pudesse fazer como ‘pastor’; por outro lado, o que poderia fazer como ‘pescador’, posso continuar a fazer anunciando a palavra de Deus“, explicou ele.

O pregador da Casa Pontifícia também expressou seu “desejo de morrer no meu hábito franciscano, algo que dificilmente me seria permitido se eu fosse bispo”.

Ao ser anunciado como novo cardeal no dia 25 de outubro pelo Papa Francisco, Frei Raniero afirmou que “o cardinalato será outro modo de estar perto do papa e apoiá-lo com a oração e a Palavra”.

“Vejo a nomeação como um reconhecimento da importância da Palavra de Deus, mais do que de minha própria pessoa, vez que meu serviço à Igreja tem sido e, por expresso desejo do Santo Padre continuará sendo, quase apenas o de proclamar a Palavra, a partir da Casa Pontifícia”, concluiu.

Rezemos pelos novos cardeais!

[Leia também: Papa Francisco anuncia 13 novos cardeais; Frei Cantalamessa está entre eles!]
[Leia também: A surpreendente resposta de São Papa Pio X à um grupo de cardeais]