Rio transborda e destrói capela, mas imagem do Santo Sepulcro fica completamente intacta

Créditos: @churuguara/Twitter

Nesta semana, uma imagem tem causado esperança em meio ao grande desastre natural que ocorreu, o transbordamento de um rio na Venezuela. Uma imagem do Santo Sepulcro ficou totalmente intacta logo depois que a capela foi coberta de lodo.

O rio transbordou no povoado de Aragua, no norte do país. Por causa das fortes chuvas, as águas subiram de nível e arrasaram a região, arrastando muito lodo sobre a vegetação, carros e tudo que estava pelo caminho.

Os danos foram grandes, mas no meio do desastre, a população descobriu algo incrível e que lhes devolveu a esperança: a igreja ficou inundada de lodo, mas a imagem do Santo Sepulcro não sofreu nenhum dano!

A informação foi dada pela jornalista Gregoria Díaz, que compartilhou um vídeo de moradores retirando a imagem de Jesus da igreja com a seguinte legenda no Twitter: “Como um milagre, o rio El Limón mudou seu curso. O Santo Sepulcro que repousa na Capela Santa Cruz ficou intacto e assim o tiraram os devotos vizinhos no meio dos escombros e lodo. Deus continua tendo misericórdia deste povo”.

Aqui está o vídeo:

Clique aqui caso não consiga ver o post

Assim ficou a igreja após o rio transbordar:

Créditos: @churuguara/Twitter
Créditos: @churuguara/Twitter

E assim ficou o Santo Sepulcro, intacto:

Créditos: @churuguara/Twitter

Em outro tweet, a jornalista comenta: “As águas enfurecidas chegaram pelo lado esquerdo da capela, mas por um milagre, o rio El Limón mudou de curso. As pessoas lembraram que a fé ao Santo Sepulcro podia ajudá-los a superar a tragédia. No muro, junto ao Sagrado Coração de Jesus, a Virgem e São José”.

E na foto, Cristo e as outras imagens recuperadas:

Créditos: @churuguara/Twitter

Há também um outro vídeo, mostrando com detalhes a imagem do Santo Sepulcro:

Clique aqui caso não consiga ver o post

O tweet diz: “Capela de Maracay. Arrasada pelo transbordamento do Rio Limón, o único que não foi tocado e permaneceu intacto e sem barro foi o Nazareno em seu sepulcro de vidro, nem um arranhão de pedra ou pedaços de madeiras arrastados pelo rio… Isso aconteceu na quarta-feira, 9 de setembro de 2020”.

O que você achou?

[Leia também: [Vídeo] Tornado arrasa paróquia mas santos ficam intactos]
[Leia também: Coroa de Espinhos de Jesus foi resgatada do incêndio na Catedral de Notre Dame]

Comentários

comentários