Saiba a diferença entre pecado mortal e pecado venial

por -
Domínio Público

O Catecismo da Igreja Católica nos ensina que o pecado “é uma falta contra a razão, a verdade, a consciência reta; é falta ao amor verdadeiro para com Deus e para com o próximo, a causa de um apego perverso a certos bens”.

Além disso, a Igreja categoriza os pecados segundo sua gravidade e sua proliferação.

Para pecar é necessário três coisas:

I- Matéria grave (que são ações que atentam contra os 10 mandamentos);

II- Pleno conhecimento do que está fazendo;

III- Livre consentimento.

De acordo com isto podemos classificar os pecados em veniais e mortais.

Os pecados mortais são os que contém as três condições mencionadas acima.

No caso dos pecados veniais, são quando a pessoa atenta contra os mandamentos, mas, não se tem pleno conhecimento do que fez, ou não teve a intenção de cometer o ato.

Outra maneira de classificar o pecado é se ele é “capital” ou não. Este sistema fixa na proliferação do pecado, já que por natureza nos leva a outros pecados, nos viciando e gerando assim mais distorção.

Os pecados capitais são os vicios que geram outros pecados, e segundo o Catecismo são estes: a soberba, avareza, inveja, ira, lúxuria, gula, preguiça.

A Igreja nos recorda que o pecado é um ato pessoal e nós somos responsáveis deles. Portanto é necessário dar de nós para vencermos nossos vicios, mas sempre na companhia de Deus.

[Leia também: Por que confessar meus pecados a um padre?]
[Leia também: 7 pecados que podem te levar para o inferno]

Comentários

comentários