Saiba como lucrar indulgência plenária no dia do “Perdão de Assis”

por -
Créditos: Wikimedia Commons

Você já ouviu falar no “Perdão de Assis”? Esta é uma oportunidade que os fiéis têm de, no dia 2 de agosto, lucrar indulgência plenária; saiba o que é necessário!

Os católicos que visitam uma igreja franciscana em qualquer lugar do mundo neste dia podem receber a indulgência plenária da Porciúncula. Além disso, devem cumprir as demais condições habituais para lucrá-la: comunhão eucarística, confissão recente (e desejo sincero de abandonar o pecado) e rezar pelas intenções do Santo Padre.

[Leia também: O mistério do túmulo escondido de São Francisco de Assis]

Como surgiu o “Perdão de Assis”?

A Indulgência da Porciúncula foi instituída em 1216, após São Francisco de Assis viajar para Perusa, para encontrar-se com o Papa Honório III. Na ocasião, o santo queria contar-lhe que o próprio Cristo e a Virgem Maria, rodeados de anjos, tinham lhe aparecido na capela de Santa Maria dos Anjos, em Assis.

São Francisco então havia pedido a Jesus que concedesse indulgência a todos aqueles que visitassem uma igreja dedicada à Virgem Maria sob o título de Nossa Senhora dos Anjos. Jesus aceitou, mandando Francisco ir até o Papa para que o pedido fosse aprovado.

Em 1966, no 750º aniversário da concessão desta indulgência, o Papa Pablo VI publicou a carta apostólica “Sacrosancta Portiunculae ecclesia”, afirmando que “a instituição desta indulgência seja celebrada de maneira que verdadeiramente a Porciúncula seja aquele lugar santo onde se consegue o perdão total e se faz estável a paz com Deus”.

“Queira Deus que a peregrinação, transmitida durante séculos, à igreja da Porciúncula, que Nosso mesmo Predecessor João XXIII empreendeu com ânimo piedoso, não termine mas que cresça continuamente a multidão de fiéis que acodem ali ao encontro com Cristo rico em misericórdia e com sua Mãe, que intercede sempre perante ele”.

Hoje em dia, a peregrinação é estendida por todas as igrejas franciscanas no mundo, não apenas quem visita a Porciúncula, em Assis.

“Porciúncula” é uma pequena igreja dedicada por São Francisco de Assis a Santa Maria dos Anjos, que fica dentro da basílica de mesmo nome. Foi nela que moraram o santo e seus companheiros frades por muito tempo, e lá onde ele faleceu, em 3 de outubro de 1226. Foi lá também onde São Francisco acolheu os votos de Santa Clara, dando origem à Ordem das Clarissas.

Santa Maria dos Anjos e São Francisco de Assis, rogai por nós!

[Leia também: O dia em que Santa Clara salvou a cidade de Assis segurando um ostensório]
[Leia também: A lição de São Francisco de Assis a irmão Leão sobre a verdadeira alegria]
Victoria Arruda é jornalista, ama filmes, livros, música, teologia, política e... pizza. Escreve sobre coisas aleatórias, pra combinar com suas preferências pessoais.