Saiba como participar da Marcha Pela Vida virtualmente e lucrar indulgência plenária

por -
Créditos: Diocese de Lansing

Todos os anos, a Marcha Pela Vida reúne centenas de milhares de pessoas nas ruas de Washington D.C. (EUA). São jovens, adultos, idosos, católicos, protestantes, ateus e etc. juntos para dizer sim à vida e não ao aborto. Este ano, por causa da pandemia, o evento será um pouco diferente, mas participando, você pode lucrar indulgência plenária!

Os fieis podem lucrar esta indulgência participando presencialmente ou virtualmente da Vigília Nacional de Oração pela Vida e da Missa que ocorrerão na Marcha pela Vida 2021, informou a Arquidiocese de Washington. O decreto foi publicado pelo Papa Francisco, a pedido do Cardeal Wilton Daniel Gregory, Arcebispo Metropolitano de Washington, no dia 13 de janeiro.

Esta indulgência será dada aos fiéis “se participarem nas celebrações sagradas, entre a grande assembleia do povo, no decorrer do evento anual denominado ‘Marcha pela Vida’, que se realizará nos dias 28 e 29 de janeiro de 2021, na Arquidiocese de Washington (particularmente no Santuário Nacional da Imaculada Conceição da Santíssima Virgem Maria e na Igreja Catedral)”.

Você pode acompanhar a transmissão da Marcha Pela vida (em inglês) nesta sexta-feira (29) das 13:30h às 16:30h CLICANDO AQUI.

Condições para lucrar indulgência plenária

Além da participação no evento, o decreto ressalta que a indulgência “será lucrada nas condições habituais pelos fiéis cristãos, que estejam verdadeiramente penitenciais e obrigados pela caridade, que de fato também possam aplicar em sufrágio das almas dos fiéis do Purgatório”.

As condições habituais para qualquer indulgência plenária são:

– Confissão sacramental
– Comunhão eucarística
– Oração nas intenções do Papa

Uma indulgência plenária retira todos os castigos temporais causados pelo pecado, mas para que ela seja completamente eficaz, é necessário ter um espírito desapegado de qualquer pecado.

[Leia também: Biden tira EUA da aliança mundial contra aborto; para bispos, defesa da vida é a maior prioridade]
[Leia também: Estas são as maneiras de obter indulgência plenária no Ano de São José]