Uma sinagoga acolherá peregrinos que participarão da Jornada Mundial da Juventude no Panamá

por -

O rabino Gustavo Kraseknik, da congregação judia Kol Shearith (KSI) do Panamá, anunciou em um comunicado que abrirá a Sinagoga de sua congregação para acolher 50 peregrinos da Jornada Mundial da Juventude 2019.

Em um comunicado, o rabino indicou que esta seria uma forma de contribuir com o êxito do evento, e assim testemunhar as excelentes relações que esta comunidade judia tem com a Igreja Católica, em especial com os membros da Paróquia São Lucas, da Costa Del Este.

Este gesto ficou famoso depois que a Arquidiocese do Panamá publicou seu agradecimento ao senhor Kraselnik e a comunidade KSI em sua conta no Twitter.

Compartilhamos aqui as palavras do rabino Kraselnik:

Dentro de pouco mais de suas semanas começará a Jornada Mundial da Juventude. Sabemos que é uma celebração principalmente da Igreja Católica, ao ser o nosso país uma nação que professa essa fé, é compreensível o entusiasmo que se percebe nos vastos setores da sociedade. Somado a isso, a presença do Papa – com o que representa como líder da Igreja e seu reconhecimento como um dos principais atores deste evento mundial – dá uma notabilidade a JMJ que de alguma maneira nos alcança a todos.
Em KSI decidimos abrir a congregação para acolher 50 peregrinos. É uma das formas que encontramos de contribuir, ceder nosso pequeno pedaço de terra pelo êxito do evento e testemunhar as excelentes relações que temos com a Igreja e suas autoridades a nível geral e em particular como nossos amigos da Paróquia São Lucas, aqui em Costa del Ester.

Temos testemunhado dos esforços e do carinho que tanta gente em todo o país estão dedicando a esta longa jornada de preparação e me sinto muito orgulhoso que como congregação recebamos estes jovens.

Soa interessante: Jovens católicos alojados em uma sinagoga. Sem dúvidas será uma história bonita para contar.

Shabbat Shalom

Gustavo”. 

[Leia também: Assim foi a adoração eucarística com mais de 1 milhão de jovens na Jornada Mundial da Juventude]
[Leia também: Muçulmanos participam de missa em honra a memória de padre assassinado por terroristas na França]

Comentários

comentários