4 coisas que te impedem de ler a Bíblia diariamente e como vencê-las

por -
Créditos: Dimitri Conejo Sanz

São Jerônimo tem uma frase famosa que diz: “Ignorar as Escrituras é ignorar o próprio Cristo”. Sabemos que a Bíblia é a Palavra revelada de Deus para nós e lê-la é se relacionar e crescer na amizade com o nosso Criador. Mas por que é tão difícil para nós manter este hábito? E mais importante, como podemos superar estes obstáculos?

Aqui te apresentamos 4 soluções para te ajudar na leitura diária da Bíblia:

1) Não ler só quando estiver com vontade

Muitas vezes queremos criar o hábito de ler a Bíblia… É o que os cristãos devem fazer, certo? Sim! Mas muitas vezes, a verdade é que não estabelecemos isto como prioridade. Surgem mil explicações como ‘não tenho tempo’ ou ‘a linguagem é muito difícil’, ‘não entendo’… O que fazer então?

Uma boa dica é: estabeleça um horário fixo no dia para fazer a sua oração/leitura das Sagradas Escrituras. Independente do seu cansaço ou das várias outras coisas que pareçam ser mais “prazerosas” no momento, como assistir TV ou ficar no celular.

Se comprometer a ler em um horário específico nos ajuda a criar uma rotina e nos faz lembrar que naquele momento, Deus nos espera! Qual será a nossa resposta então: faremos de tudo para nos encontrar com Ele ou o trocaremos por qualquer outra coisa que aparecer?

2) Não querer encontrar respostas para tudo

Sim, muitas vezes recorremos à Palavra de Deus como se ela fosse uma bola de cristal: quando estamos confusos, tristes ou passando por algum momento difícil, queremos abrir a Bíblia como uma “roleta russa” e esperar que ali esteja a resposta para todos os nossos problemas.

As Sagradas Escrituras contêm sim respostas para a nossa vida, e muitas vezes ler alguma passagem pode ser exatamente o que estávamos precisando diante de uma situação que estamos vivendo. Porém não devemos ir a ela apenas para isso. A Bíblia não é apenas um “acréscimo” da nossa fé, mas Deus quis realmente revelá-la para nós para que conhecêssemos o seu amor por nós.

[Leia também: 8 versículos da Bíblia que te farão perceber como é grande o amor de Deus por você]

Então devemos buscá-la todos os dias pois assim Deus quis! Quanto mais aprofundamos a nossa relação com Ele por meio de Sua palavra, mais encontraremos forças e coragem para lutar dia a dia pela santidade. Uma boa opção para manter contato diário com a Bíblia é acompanhar a Liturgia Diária, pois contêm três passagens que se completam (Uma do Antigo/Novo Testamento, Salmo e Evangelho)

3) Conhecer a História para entender as histórias

Sabe aquelas sagas que têm seis, nove filmes? Imagina entrar em uma sala que está passando esta série, assistir 5 minutos, sair, depois voltar, assistir mais ou pouco, sair, depois assistir mais 5 minutos. Você provavelmente não vai entender nada e vai achar a coisa muita chata, certo?

O mesmo pode acontecer com a Bíblia. Estamos acostumados a ouvir “fragmentos” de histórias, seja porque ouvimos falar em algum lugar, ou nas leituras da missa. No final, estamos apenas “pescando” histórias de vários personagens e não acompanhando a grande História que as une. Cristo é a chave para entender toda a Sagrada Escritura! Quando lemos os outros livros à luz dos Evangelhos e da vida de Cristo, vamos entendendo tudo de forma mais clara e finalmente pegamos o “fio condutor” da história. Você já tinha parado para pensar nisso?

4) Sair do celular e abrir a Bíblia!

Este conselho é quase óbvio, mas, ainda sim, muito difícil nos dias de hoje. Estamos constantemente ligados no celular, seja para trabalho ou lazer, e às vezes, aproveitamos a “facilidade” dos apps e sites para também ler a Bíblia. Não que isso seja errado, mas pode atrapalhar um pouco este momento que deveria ser muito especial.

É inevitável que seu celular continue recebendo mensagens e ligações, você queira entrar nas redes sociais ou acabe perdendo o foco da leitura. Por isso, nada melhor que pegar a sua Bíblia física e lê-la. Não há comparação com uma tela e o manuseio constante (para procurar as passagens nela, por exemplo) nos fará ter mais intimidade com este livro que é uma lembrança diária do amor de Deus por nós. Afinal, quando rezamos, falamos com Deus, e quando lemos a Bíblia, é Deus que fala conosco.

[Leia também: “A Bíblia não caiu do céu com zíper” Pe. Paulo Ricardo rebate protestante]
[Leia também: É impossível crer na Bíblia sem acreditar na Igreja Católica]