É impossível crer na Bíblia sem acreditar na Igreja Católica

por -
Pixabay

Você sabia que é impossível crer na Bíblia sem acreditar na Igreja Católica?

A Bíblia fala da Igreja Católica e quem crê nos Evangelhos não tem escolha senão reconhecê-la. Por quê? Neste artigo, te mostramos um motivo fundamental.

Em uma entrevista, o célebre astrônomo e sacerdote jesuíta, Pe. Manuel Carreira, disse uma vez:

“Se você perguntar a um protestante em que ele acredita, ele dirá que acredita no que a Bíblia diz. ‘Por que você acredita na Bíblia?’, ‘Porque é a Palavra de Deus’, o protestante responderia. Mas… “como você sabe?” Não tem resposta.

Nós poderíamos dizer que a resposta é “porque a Igreja Católica diz”.

Existe uma questão interessante para perguntar aos protestantes que é: por que acreditam na Bíblia? Evidentemente eles receberam o “livro” de alguém… E sabe quem? Da Igreja Católica.

Nós, católicos, sabemos como foi o processo de formação e seleção do Cânon das Escrituras. Se recorremos à história, sabemos que a pregação de Jesus e dos apóstolos começou de maneira oral e só depois se tornou escrita.

O primeiro Evangelho a ser escrito foi o de São Marcos, por volta do ano 70 d.C. Entre a morte e a ressurreição de Cristo e a redação deste texto passaram-se cerca de quatro décadas, quando se foram formando e crescendo as primeiras comunidades cristãs.

Além disso, desde que o último dos Evangelhos – o de São João – terminou por volta do ano 100 e foi reconhecida a canonicidade final dos 27 livros que compõem o Novo Testamento, pelo menos três séculos se passaram.

E você sabe como foram transmitidos, escritos e selecionados os textos que compõem a Palavra de Deus? Na Igreja Apostólica e Católica Romana!

Então, como você pode acreditar nos Evangelhos e não acreditar na Igreja, que disse que eles eram dignos de fé? Ou como podem esses textos ser críveis se a Igreja onde foram escritos e selecionados for rejeitada?

A Bíblia conduz à Igreja Católica.

[Leia também: “A Bíblia não caiu do céu com zíper” Pe. Paulo Ricardo rebate protestante]
[Leia também: 5 Mitos sobre a Bíblia e os Católicos que muitas pessoas creem (talvez você também)]

Comentários

comentários