5 santos que usavam e recomendavam o escapulário de Nossa Senhora do Carmo

Créditos: Internet/Reprodução

O Escapulário da Virgem do Carmo é um sinal que representa o compromisso de seguir a Cristo como Maria, o modelo perfeito de todos os discípulos de Cristo. Conheça estes santos que o utilizavam!

Vestir este sinal mariano expressa a fé no encontro com Deus na vida eterna pela intercessão de Maria e sua proteção.

Conheça os 5 grandes santos que usavam e recomendavam o escapulário de Nossa Senhora do Carmo:

São Simão Stock

A este santo carmelita se atribui a aparição das promessas do Santo Escapulário do Carmo comunicadas em 16 de julho de 1251. A Virgem Maria lhe mostrou o Escapulário e lhe disse: “Este será o privilégio para ti e para todos os carmelitas; quem morrer com ele não padecerá no fogo eterno, ou seja, com quem ele morrer, se salvará”.

São João da Cruz

Este santo místico sempre levava o Escapulário e era um grande devoto da Virgem do Carmo. Um frade comenta que o santo sempre carregava “uma cruz de madeira requintada e em relevo os instrumentos da Paixão de Cristo Nosso Salvador, cravado nela, um Cristo crucificado em bronze, sobre a qual o santo costumava trazer debaixo do Escapulário” (Padre Ángel Peña)

Santo Afonso Maria de Ligório

Foi outro grande santo que, por seu imenso amor à Virgem Maria, também o usou. Ele mesmo afirmava que “heréticos modernos se incomodam com o Escapulário como se fosse algo antiquado e sem sentido”.

O levou com ele até o momento de sua morte e depois que seus restos mortais foram exumados, descobriu-se que o Escapulário estava intacto.

São Cláudio La Colombière

O célebre diretor espiritual de Santa Margarida Maria de Alacoque e promotor da devoção do Sagrado Coração de Jesus costumava dizer:

“Eu queria saber se Maria na verdade se importava comigo, e no Escapulário ela me deu a segurança mais palpável. Só precisei abrir meus olhos, ela me outorgou sua proteção com este Escapulário: quem morrer com ele não padecerá no fogo eterno”.

Também dizia: “Pelo fato de todas as formas de amar a Santíssima Virgem e as diversas maneiras de expressar este amor não possam ser igualmente agradáveis a ela e, por conseguinte, não nos ajudam no mesmo nível para alcançar o céu, lhes digo sem vacilar nem um momento, o Escapulário Carmelita é o seu predileto!

São João Bosco

O grande santo propagador da devoção à Maria Auxiliadora utilizava o Escapulário e recomendava seu uso. Nas suas memórias, relata uma das fórmulas de vencer a tentação dos atos impuros:

“Rezar até dormir e, se durante a noite nos despertarmos, voltar a rezar; dizer jaculatórias, beijar o Escapulário, o Crucifixo ou a medalha que se leve ao peito” (Memórias de São João Bosco, Tomo IX).

Lembre-se que o Escapulário não é um objeto para proteção mágica (como um amuleto), nem uma garantia automática de salvação, muito menos uma dispensa de viver as exigências da vida cristã.

E sim um sinal que alimenta a esperança do encontro com Deus na vida eterna sob a proteção de Maria Santíssima.

E você, usa o Escapulário?

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

[Leia também: 12 coisas sobre o escapulário de Nossa Senhora do Carmo que talvez você não saiba]

Comentários

comentários