A razão pela qual os ortodoxos não veneram o Coração de Jesus e a resposta católica

por -

A Igreja Ortodoxa não participa da devoção ao Sagrado Coração de Jesus.

Vamos explicar a razão e a resposta católica para isso.

A principal crítica dos nossos irmãos ortodoxos à veneração do Coração de Jesus é que, supostamente, nós católicos adoramos uma parte do corpo, separando-a de Cristo como um todo. Ainda que ele demonstre uma profunda expressão do amor de Nosso Salvador pela humanidade, não o representam individualmente com fogo ou espinhos.

Talvez a principal acusação que pesa sobre este culto é a de nestorianismo. O que é isso? Se trata de uma heresia do século V, promovida pelo monge Nestório e condenada pelo Concílio de Éfeso, segundo a qual em Cristo existem duas pessoas, uma humana e uma divina.

Mas, o que isso tem a ver com o Sagrado Coração de Jesus? Os ortodoxos acreditam que muitos católicos se dirigem ao Coração de Jesus como uma pessoa separada da Segunda Pessoa da Santíssima Trindade.

E o que nós, católicos, dizemos a isso? A resposta mais clara se encontra na Encíclica Haurietatis Aquas,  escrita pelo papa Pio XII.

[Leia também: A primeira sexta-feira do mês é dia de consagração ao Sagrado Coração de Jesus; conheça 5 coisas sobre essa devoção]

O Coração de Jesus é o símbolo de sua imensa caridade com o gênero humano

A Igreja nos ensina que o Coração de Jesus é o símbolo do seu imenso amor à humanidade. Esta forma de caridade merece um culto particular porque, por sua natureza humana (unida indissoluvelmente à divina), Cristo ama também com os sentimentos do afeto humano. Por isso, ao se referir a este culto, destacamos especialmente estas dimensões de uma só Pessoa Divina, que ama a partir das suas duas naturezas. Também lembramos que Nosso Redentor, ao adotar o corpo de homem para nos proporcionar a salvação eterna, esteve sujeito às mesmas emoções e afetos que todos nós.

Se você é devoto do Sagrado Coração de Jesus não esqueça desses aspectos, e se você ainda não é… Outra razão para amar ainda mais a Cristo!

[Leia também: 10 curiosidades sobre a devoção ao Sagrado Coração de Jesus]

Comentários

comentários