Arquidiocese de Natal pede retratação ao programa Fantástico por uso indevido de imagens de Bispos

por -

O arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, enviou uma nota de esclarecimento com pedido de retratação à direção do programa Fantástico, da Rede Globo. A nota é referente a uma reportagem, veiculada na edição do Fantástico, do último domingo, dia 11, que retratava possíveis esquemas de corrupção praticados por agentes públicos dos poderes Legislativo e Executivo do Estado potiguar. Na reportagem, aparecem imagens do arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, e dos arcebispo eméritos, Dom Matias Patrício de Macêdo e Dom Heitor de Araújo Sales, que nada têm a ver com o teor da matéria.

Segue a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO COM PEDIDO DE RETRATAÇÃO

A Arquidiocese de Natal, por seu representante legal e canônico, arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, vem, mui respeitosamente, perante V. Sª, com base nos incisos V e X, do art. 5º, da Carta Cidadã de 1988, manifestar sua indignação pelo uso indevido de imagens nas quais são parte, além do Governador do Estado do Rio Grande do Norte, o Sr. Robinson Farias, os Reverendíssimos Senhores Bispos: Dom Jaime Vieira Rocha, Dom Heitor de Araújo Sales e Dom Matias Patrício de Macedo, respectivamente, arcebispo metropolitano, e arcebispos eméritos de Natal.

As imagens referidas foram exibidas, de forma descontextualizada, na matéria vinculada no Programa Fantástico, da Rede Globo, dia 11 de março de 2018, em reportagem que retratava possíveis esquemas de corrupção praticados por agentes públicos dos poderes Legislativo e Executivo do Estado potiguar.

Analisando-se as imagens que dão suporte à narrativa dos fatos denunciados, percebe-se que dão conta do registro de imagens que subsidiam as investigações realizadas pelo Ministério Público, com a devida autorização da Justiça, numa sequência de fatos e ações dos acusados.

No final, são exibidas as imagens em que aparecem os três arcebispos em reunião com o Governador, gerando confusão de interpretação junto aos telespectadores.

Esclarecemos que as referidas imagens registraram a audiência solicitada pelo gabinete deste arcebispado, com o Governador do Rio Grande do Norte, Sr. Robinson Farias, para mediar o conflito gerado pela paralização das forças policiais, visando encontrar uma saída negociada em favor da pacificação social e da democracia. A citada audiência ocorreu no dia 08 de janeiro passado, sendo de conhecimento público, tendo sido, inclusive, previamente, agendada.

Face ao exposto, a Arquidiocese de Natal requer que seja divulgado em seus telejornais, especialmente no Jornal Nacional, assim como no portal G1, com o mesmo destaque, o presente esclarecimento como forma de retratação por tão grave dano à imagem desses pastores da Igreja Católica Apostólica Romana, utilizada indevidamente e vinculada a uma reportagem de tão grave repercussão, por se tratar do desvendamento de um repugnante esquema de corrupção.

Natal-RN., 12 de março de 2018

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo Metropolitano de Natal

Publicado no site da Arquidiocese de Natal.

[Leia também: “A Rede Globo de Televisão tornou-se um depósito poluído dessa sujeira moral”, D. Antonio Augusto]
[Leia também: A Legalização do aborto e a matéria no Fantástico]

Comentários

comentários