Importantes intelectuais se convertem ao catolicismo nos Estados Unidos

por -
Candace Vogler. Foto: Universidade de Chicago / Adrian Vermeule. Foto: Escola de Direito de Harvard.

Famosos intelectuais das prestigiosas universidades norte-americanas de Harvard e Chicago se converteram recentemente ao catolicismo, conforme anunciou o professor Robert P. George, da Universidade de Princeton e também católico.

Em uma publicação em seu perfil do Facebook, George recordou a notícia da conversão do famoso jurista Adrian Vermeule, da Escola de Direito de Harvard, e disse que “milagres” como este “continuam acontecendo”. Divulgou também que Candace Vogler, professora de filosofia da Universidade de Chicago, converteu-se ao catolicismo.

Em uma entrevista publicada no final do mês de outubro pela revista Inside the Vatican (Dentro do Vaticano), Vermeule compartilhou seu testemunho de conversão, influenciado pela vida do Beato John Henry Newman e assegurou que “não há um meio termo entre o catolicismo e o ateísmo”.

Para o jurista de Harvard, a Igreja é “uma instituição cujos alicerces são tão fortes como o ferro”.

“A agitação passará. Episódios, escândalos e debates vem e vão. Mas a linha e o testemunho dos sucessores de Pedro nunca falharão”.

Robert P. George recordou que ao ficar sabendo da conversão de Adrian Vermeule, destacou que apesar dos momentos de fraqueza e feridas que a Igreja sofre na atualidade, “continua atraindo homens e mulheres tão extraordinários”.

Isto, disse o professor de Princeton, “para mim, bem… é um milagre”.

Em seguida, George assinalou que “estes milagres continuam acontecendo” e anunciou a conversão de Candace Vogler, “outra importante intelectual norte-americana”.

“Graças a Deus”, concluiu o professor de Princeton.

Publicado originalmente em ACI Digital

[Leia também: 3 lindas celebridades que jogaram tudo para o alto para seguir Cristo]
[Leia também: O milagre que levou “Obi Wan Kenobi” a converter-se ao catolicismo]

Comentários

comentários