Jesus tinha irmãos? Quem são esses de quem a Bíblia fala?

por -
Créditos: Reprodução

Com certeza você já ouviu alguma passagem bíblica que fala dos “irmãos” de Jesus. Mas e o dogma da Igreja que diz que a Virgem Maria permaneceu sempre virgem? Ela teria tido outros filhos fora Ele? Como assim? Calma que a gente explica essa história.

Estes irmãos citados na Bíblia provavelmente são parentes próximos de Jesus, mas não filhos de Maria. 

E a tradição católica explica:

1) Eles nunca são mencionados como filhos de Maria como Jesus é

Maria é mencionada sempre como mãe apenas de Jesus, em nenhuma outra passagem são atribuídos outros filhos a ela.

“Três dias depois, celebravam-se bodas em Caná da Galiléia, e achava-se ali a mãe de Jesus.” (Jo 2,1)

2) Dois deles são filhos de outra mulher

Tiago e José, que eram chamados de irmãos de Jesus, são na verdade filhos de outra Maria, mulher que também esteve presente no dia da crucificação.

“Achavam-se ali também umas mulheres, observando de longe, entre as quais Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, o Menor, e de José, e Salomé.” (Mc 15,40)

3) Se Maria tivesse outros filhos, Jesus não precisaria entregá-la a João na cruz

Além do sentido espiritual deste ato (entregando-a João, Jesus dá Maria como mãe para todos nós, seus discípulos), é importante lembrar que, na cultura judaica da época, uma mulher viúva e sem filhos acabava passando necessidades, por não ter um homem para sustentá-la. 

São José já tinha morrido e Jesus estava na cruz, então Maria ficaria sozinha. Se ela tivesse outros filhos naturais, Jesus não precisaria entregá-la aos cuidados do seu discípulo amado. Inclusive, em algumas traduções, diz-se que “a partir deste momento, João a recebeu em sua casa”.

“Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: ‘Mulher, eis aí teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí tua mãe’. E dessa hora em diante o discípulo a recebeu como sua mãe.” (Jo 19, 26-27)

4) A confusão é por causa de uma palavra grega

Em português, ao lermos a palavra irmão já associamos à família biológica, mas se formos olhar em traduções primitivas da Bíblia, vamos ver que não é bem assim.

A palavra grega “adelphoi” tem um sentido bem mais amplo! Ela pode se referir a um primo (1Cr 23, 21-22), tio ou sobrinho (Gn 13, 8), parente distante (Dt 23, 7) ou até mesmo um amigo próximo (2Sm 1, 26).

E mais, em diversas ocasiões São Paulo usa o termo para se referir à pessoas que não têm nenhuma relação sanguínea entre si, mas por aderirem a fé, se tornam parte da grande família de Deus!

“O Espírito mesmo dá testemunho ao nosso espírito de que somos filhos de Deus (…) Os que ele distinguiu de antemão, também os predes­tinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que este seja o primogênito entre uma multidão de irmãos”. (Rm 8, 16.29)

Então, biologicamente, Jesus não teve irmãos, mas espiritualmente ele tem muitos… são todos que fazem parte da Igreja, ou seja, eu e você!

[Leia também: 5 Mitos sobre a Virgem Maria que muita gente ainda acredita (talvez você também)]