Ladrões roubam barco de padre mas logo se arrependem e voltam para resgatá-lo do rio

por -
Créditos: Imagem ilustrativa/ Pinterest/ Dimitri Conejo Sánz /Cathopic

Uau, que história…

Um sacerdote navegava em uma embarcação para ir celebrar uma missa quando foi abordado por dois ladrões que o obrigaram a sair e pular no rio. Mas o que aconteceu a seguir foi uma surpresa!

O caso aconteceu no dia 7 de novembro, com o padre Mateus Tavares dos Santos, da Paróquia de São Sebastião da Boa Vista, na ilha de Marajó, no Pará.

Jorge David, delegado do município de Breves, falou ao portal UOL sobre o ocorrido: “o padre emprestou uma lancha e, ao se aproximar da localidade, foi abordado por outra embarcação em que estavam dois indivíduos, armados com arma de fogo tipo pistola. Eles anunciaram o assalto e mandaram o padre pular na água. Em seguida, empreenderam fuga em outra embarcação”.

Eles levaram o celular do padre, R$ 500 e a mochila que tinha todo o material para a missa. Depois lançaram os coletes salva-vidas na água e mandaram o padre pular no rio, e cada um saiu dirigindo uma embarcação.

O sacerdote conta que ficou aproximadamente uns 15 minutos no rio e estava já perdendo as forças quando começou a rezar. Neste momento, um dos assaltantes voltou em um barco e lhe perguntou “Tu é padre mesmo?”

Ao responder que sim, o homem resgatou o padre da água e o levou para a margem do rio, onde ele foi ajudado por moradores da ilha de Jararaca.

Os homens ainda não foram identificados e continuam foragidos.

[Leia também: Se afogando, homem reza para não morrer e é resgatado por barco de padres!]
[Leia também: Grupo indígena invade paróquia, agride padre e faz frade franciscano de refém]