Mandaram este jogador se ajoelhar em protesto e ele se recusou: “Só me ajoelho diante de Deus”

Créditos: Mark J. Terrill/AP Photo

O jogador de baseball Sam Coonrod deu um grande testemunho de fé em sua última partida!

Antes de começar o jogo contra o Los Angeles Dodgers, o arremessador do San Francisco Giants foi o único a permanecer de pé enquanto todos os outros jogadores e a comissão técnica se ajoelharam em um protesto de apoio ao movimento político ‘Black Lives Matter’ (vidas negras importam).

Em entrevista ao site TMZ Sports, ele afirmou: “Eu sou cristão, então eu apenas acho que não posso me ajoelhar diante de nada além de Deus”.

Todos os jogadores seguravam também uma enorme fita preta, fornecida pelo movimento, enquanto se ajoelhavam em solidariedade.

Além do motivo religioso, Coonrod, de 27 anos, disse discordar de algumas ideias e princípios do movimento: “Eu simplesmente não posso concordar com várias coisas sobre o Black Lives Matter, e como eles são inclinados ao marxismo”.

E continuou: “E eles disseram algumas coisas negativas sobre o núcleo familiar. Eu não posso concordar com isso”.

Que atitude corajosa a deste jogador! Defender a fé mesmo que isso implique ir contra o politicamente correto.

Rezemos por ele!

[Leia também: O que o Papa pensa sobre o marxismo em 8 frases]
[Leia também: Ativista do ‘Black Lives Matter’ pede a destruição de estátuas de Jesus e Maria e padre exorcista responde]

Comentários

comentários